23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Saúde

21 médicos pedem demissão em Joinville

Foto: Prefeitura de Joinville

Aumento na demanda de atendimentos por dengue pode ser um dos fatores

O aumento alarmante na demanda por serviços de saúde em Joinville pode ser atribuído, em parte, à epidemia de dengue que assola a região. Desde o início do ano até o dia 11 de abril, a prefeitura do município relatou a surpreendente renúncia de 21 médicos de suas posições na rede de saúde local.

Este anúncio chega em um momento de profunda apreensão, com hospitais e centros de saúde enfrentando superlotação e extensas filas de espera, exacerbadas pelo significativo aumento nos casos de dengue. De acordo com estatísticas oficiais, aproximadamente 45 em cada 100 internações estão relacionadas a diagnósticos de dengue.

 

A gestão municipal ressalta, no entanto, que nem todas as saídas estão diretamente ligadas à sobrecarga do sistema de saúde. Alguns profissionais optam por deixar seus cargos por motivos pessoais ou profissionais diversos.

A Secretária de Saúde, Tânia Eberhardt, confirmou os pedidos de exoneração durante uma reunião na Câmara de Vereadores, destacando a seriedade do desafio enfrentado pela saúde pública em Joinville.

Para fazer frente a essa crescente demanda, a Secretaria de Saúde tem buscado contratar profissionais temporários, visto que todos os aprovados no último concurso já foram convocados. Recentemente, foram encerradas as inscrições para um novo concurso, visando a contratação de funcionários efetivos, além de um processo seletivo voltado para temporários.