23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Cotidiano

Abertura da Safra da Tainha terá programação que celebra tradição e cultura; confira

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / SECOM

Evento na Praia do Campeche é Patrimônio Cultural e marco para a pesca artesanal no litoral catarinense

Um dos eventos mais significativos para a cultura e a economia catarinense tem data marcada para a próxima semana. A 17ª Abertura da Safra da Tainha, realizada pelo Instituto Getúlio Manoel Inácio (IGMI) e a Associação dos Pescadores Artesanais do Campeche, acontece na próxima quarta-feira (1º) com programação envolvendo música, culinária e muita tradição.

A inauguração da pesca artesanal da tainha acontece anualmente desde 2005 e marca as comemorações do dia deste trabalhador e o início das atividades nos Ranchos de Pesca no litoral catarinense. O evento tem como foco o fortalecimento, o reconhecimento e a continuidade das práticas tradicionais da pesca. É um importante momento para a valorização da cultura açoriana, da sustentabilidade, da economia e gastronomia local.

 

Patrimônio histórico

Desde 2012, a pesca artesanal da tainha é patrimônio histórico, cultural e artístico de Santa Catarina. E desde 2019 a Pesca Artesanal da Tainha no Campeche é reconhecida como Patrimônio Cultural de Santa Catarina. O evento neste ano conta com a realização do Ministério da Cultura e patrocínio do Grupo Nexxees, através da lei federal de incentivo à Cultura. A proposta também foi selecionada pelo edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense de Cultura.

O IGMI – Instituto Getúlio Manoel Inácio e a Associação dos Pescadores Artesanais do Campeche tem realizado ações importantes na comunidade, valorizando, divulgando e preservando a pesca artesanal com a canoa à remo. Sob gestão de Carla Inácio, o IGMI dá continuidade ao trabalho realizado anteriormente sob a liderança do maestro Getúlio Manoel Inácio, que deu início a este trabalho.

A associação tem realizado eventos com este intuito de formação e informação sobre todo o universo que compõem a pesca artesanal. Ambas Instituições mantêm um diálogo constante com poderes municipais, estaduais e federais, além da comunidade e dos comerciantes locais.

Programação

Terça-feira (30/04)

18h30 – Cultura da Pesca Artesanal: compartilhando saberes – conversa com pescadores
artesanais do Campeche.
– Exposição de fotos Campeche Postal com Mara Freire e Ronaldo Andrade.

19h15 – Exibição do documentário “Massa da Promessa ao Divino: Uma História Entre
Mares” de Charles Cerchonetto.

20h – Terço luminoso e procissão na praia do Campeche.

21h – Confraternização comunitária.

Quarta-feira (01/5)

07h30 às 08h45
– Café comunitário.
– Música com Edu Madma acústico com participação de Harnnon Cardoso
– Presença no Rancho do Coletivo Casa das Rendas do Campeche

9h
– Procissão acompanhada pelo Grupo Música do Rancho da Canoa e Missa na praia
– Hasteamento das bandeiras com representantes dos pescadores artesanais

10h30
– Benção aos pescadores de todo o litoral Catarinense.

11h
– Pescadores e a pesca da tainha: conquistas e expectativas para a safra

11h30
– Apresentação artística – Dona Bilica

13h30
– Apresentação da Capoeira – Casa Cultural Canela Preta.
– Oficina de pesca (Cultura da Pesca Artesanal: compartilhando saberes) com Ivanir Faustino.
– Apresentação do Coletivo Casa das Rendas do Campeche.

14h30
– Apresentação da Banda de música do Corpo de Bombeiros Militar de SC
– Limpeza da praia com Instituto Nexxera e comunidade.

15h30
– Roda de conversa: Meio Ambiente, Cultura e Pesca Artesanal com Guia Manezinho (Rodrigo Stüpp), Hugo Adriano Daniel e Jair Francisco Ferreira.
– Cabo de guerra com a criançada.

16h
– Exposição e oficina com o projeto Tamar.

16h30
– Apresentação do Boi de mamão do Campeche.