23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Educação

Aulas dos cursos técnicos do programa CaTec iniciam nesta segunda em escolas estaduais

Programa Catarinense Técnico oferece 10 cursos gratuitos na área de Gestão e Negócios durante formação no Ensino Médio

Iniciam nesta segunda-feira (4) as aulas dos cursos técnicos do programa Catarinense Técnico (CaTec) nas escolas estaduais de Santa Catarina. São 10 opções na área de Gestão e Negócios oferecidos em todas as regiões catarinenses para estudantes de 2ª e 3ª série do Ensino Médio.

De acordo com um balanço inicial, mais de 23 mil estudantes estão matriculados na Rede Estadual de Ensino em cursos técnicos, que têm carga horária mínima de 800 horas e duração de um ano. Cada região, considerando a vocação local e o desenvolvimento econômico regional, definiu os cursos técnicos que iria ofertar.

Os estudantes puderam escolher entre Administração, Logística, Contabilidade, Comércio, Comércio Exterior, Qualidade, Recursos Humanos, Marketing, Vendas e Transações Imobiliárias. Caso o curso desejado não estivesse disponível na própria unidade em que o estudante cursa o Ensino Médio, era possível realizar a matrícula em uma escola próxima que o oferecesse.

 

“Ter uma formação técnica é um diferencial a mais pro estudante, que pode sair do ensino médio já com trabalho. A gente sabe que a realidade exige desde cedo que os jovens tenham seu dinheirinho pra ajudar a família, pra continuar estudando. O ensino técnico é mais uma oportunidade, assim como já criamos o Programa Universidade Gratuita. Isso motiva o jovem e garante oportunidade de emprego, melhora de vida dele e da sua família”, destacou o governador Jorginho Mello.

Os estudantes matriculados terão alimentação e aqueles com direito ao transporte escolar serão beneficiados. O investimento neste primeiro ano de programa será de R$ 200 milhões.

“Nós temos um Ensino Médio que precisa dar oportunidade aos novos jovens, uma formação profissional, e esse é o grande objetivo. Esperamos chegar em 2026 com mais 100 mil jovens que fazem o Ensino Médio, também fazendo o Ensino Técnico”, diz o secretário de Estado da Educação, Aristides Cimadon.

“É uma oportunidade para esse estudante já sair do Ensino Médio focado no mercado de trabalho. Estamos elevando a régua da educação em Santa Catarina com mais esse programa. O aluno poderá sair com o diploma do Ensino Médio e até dois diplomas dos cursos profissionalizantes”, reforçou a secretária-adjunta de Estado da Educação, Patrícia Lueders.

 

Foto: Marco Favero / SECOM