17 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Cotidiano

Baruk e Maia: os cães aposentados da polícia que aderiram o RG Pet

Por: Juliana Bartholomey / Foto: Arquivo pessoal da fonte

O serviço gratuito é oferecido pela Câmara Municipal de Florianópolis

Você já conhece o RGA? O Registro Geral Animal visa fornecer uma identificação formal para animais de estimação, por meio de uma carteirinha que contém informações essenciais, como nome, espécie, idade, sexo, raça e um número de identificação único.

O Baruk e a Maia são cães aposentados pela Polícia Militar de Santa Catarina e continuam dando exemplo à “cãomunidade” ao adquirirem a identificação. A Maia era especializada em farejamento de bombas, e o Baruk trabalhou em operações de diversas áreas dentro da instituição, como, por exemplo, na localização de drogas.

 

Foto: PMSC

O belga de 13 anos e a labradora de 7 anos foram adotados pela categoria V, onde uma pessoa da comunidade em geral pode adotar após uma análise do perfil. Sob os cuidados amorosos da tutora, os cães sempre estão atualizados nas novidades que favorecem a segurança e o bem-estar de ambos.

Alcina Knabben conheceu a opção de criar o RGA por meio de um anúncio e não perdeu tempo em registrar os caninos. “Eu acho importante, sabendo que nem todas as prefeituras têm essa opção e ainda é gratuita”, afirma a gestora de conteúdo e marca.

O fotógrafo Higor Rhebert também já providenciou o RGA para seus três cães Niki, Safira e Pako pelas vantagens que o documento proporciona. “Ele facilitou na identificação dos pets, facilitará nas viagens em família, passeios em parques. O RGA promete facilitar em viagens aéreas, sem preocupação de estar levando toda a identificação do pet”, afirma.

>Vídeo: Conheça o cão Sansão e sua história de superação

Saiba como tirar o RGA

Os dados dos animais, juntamente com os detalhes do tutor, são armazenados em um banco de dados acessível, facilitando a localização de animais perdidos, atropelados ou vítimas de violência, bem como a organização de viagens e a formulação de políticas públicas relacionadas ao bem-estar animal. Apenas do dia 1 ao dia 12 deste mês, já foram registrados 125 animais de estimação.

O serviço está disponível na Câmara Municipal de Florianópolis e pode ser acessado de segunda a sexta-feira, das 08h às 18h. Para obter o registro, os tutores devem comparecer pessoalmente e apresentar documentos como carteira de identidade, CPF, comprovante de residência em Florianópolis, foto digital do animal, certificado ou número do microchip (se aplicável) e carteira de vacinação atualizada.