23 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Saúde

Certificado de Vacinação contra Febre Amarela para viagens deve ser emitido online

Documento é obrigatório para algumas viagens internacionais

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, reforça que o Certificado de Vacinação contra a Febre Amarela (CIVP), antes emitido nos Centros de Saúde do município, agora deve ser obtido online. A mudança no procedimento foi implementada em conformidade com a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

É importante destacar que, caso o usuário esteja planejando uma viagem, é aconselhável solicitar o certificado com antecedência. A validade do certificado se inicia dez dias após a data de vacinação e se estende por toda a vida. É preciso emitir apenas uma vez.

Antes de iniciar o pedido de emissão do certificado, é essencial verificar se o documento já está disponível no sistema Conecte SUS. Esse serviço pode ser acessado tanto pela web, por meio do link conectesus-paciente.saude.gov.br/login, quanto por aplicativo móvel no seu celular.

 

Para obter o Certificado de Vacinação contra a Febre Amarela, é preciso:

1) Acesse o site oficial do Governo Federal.
2) Clique em “Iniciar” e, em seguida, insira o CPF e senha para fazer login na conta GOV. Caso ainda não possua, será necessário criar.
3) Preencha o formulário com as informações pessoais e aguarde a confirmação.
4) O certificado pode ser acessado na área “Minhas solicitações”, clicando em “responder” ao lado do protocolo.

5) Baixe o Certificado, imprima-o e assine no local indicado. Se não encontrar sua solicitação, desmarque a opção “Em andamento” para conferir as solicitações concluídas.

O Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia é o documento que comprova a vacinação contra a febre amarela. A documentação é necessária em algumas viagens internacionais porque diversos países exigem o documento para a entrada em seu território. Crianças a partir de 9 meses já precisam do documento. A Organização Mundial da Saúde (OMS) atualiza regularmente em seu portal quais são os países que exigem o documento.

Em caso de dúvidas ou necessidade de assistência, você pode entrar em contato com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por meio do telefone 0800-642-9782.

 

Imagem: Freepik/Reprodução

Saúde

Saúde

Saúde

Saúde

Saúde

Saúde