19 de junho de 2024
TVBV ONLINE
Saúde

Chapecó usa drone para ações de combate à Dengue; entenda

Com cinco casos confirmados de dengue em Chapecó, as ações de combate a proliferação ao mosquito Aedes aegypti transmissor dos vírus da Dengue, Zika Vírus e Chikungunya seguem em todos os bairros. Orientação, palestras e visitas estão entre as atividades, que agora também tem o auxílio de um Drone para fiscalizar os locais de difícil acesso.

De acordo com o Secretário de Saúde, Jader Danielli, Chapecó tem cinco casos confirmados, destes, quatro no bairro Saic e um no Maria Goretti. Dos casos registrados, quatro são autóctones e um importado de Chikungunya no Quedas do Palmital. Por isso, na quinta-feira (09), o drone e as equipes da Secretaria de Saúde estiveram no bairro Saic para realizar vistorias e orientação à população.

Segundo ele, a utilização do drone é uma tecnologia que consegue ter acesso aos locais onde os Agentes de Combate as Endemias não conseguem chegar. “Calha trancada, cobertura com focos e acúmulo de lixo em terrenos, por exemplo, são problemas que a tecnologia consegue encontrar e auxiliar as equipes na fiscalização e na eliminação de focos”, explicou.

Ele lembrou ainda que em 2023 já foram realizados três mutirões, contabilizando mais de 2 mil visitas realizadas nos bairros Desbravador, Esplanada e Saic. Além disso, ele destacou que nesse ano já foram mais de 36 mil visitas em imóveis, 112 bloqueios de transmissão, 489 depósitos elevados tratados e vedados, 1289 denúncias atendidas e 290 pneus recolhidos.

 

“Chapecó já registrou casos da doença e é importante que cada um faça a sua parte para evitar que o aumento nos números. As pessoas podem fiscalizar as suas casas e é importante que usem repelente e fiquem atentos aos sintomas”, comentou.

Os sintomas da dengue são:

  • Febre alta (39 a 40°C);
  • Dor de cabeça;
  • Fraqueza;
  • Dores no corpo e nas articulações;
  • Dor retro orbitária / olhos;
  • Manchas pelo corpo (presentes em 50% dos casos);
  • Perda do apetite;
  • Náuseas e vômitos.

Dicas importantes:

  • Cuidado especial no armazenamento e destinação do lixo, mantendo-o em recipiente fechado e disponibilizando-o para
  • recolhimento pela Limpeza Urbana na frequência usual;
  • Jamais descarte o lixo ou qualquer outro material que possa acumular água no quintal de casa, no quintal de vizinhos, na rua ou em lotes vagos;
  • Mantenha a caixa d’água sempre limpa e totalmente tampada. Além disso, mantenha as calhas livres de entupimentos para evitar represamento de água;
  • Elimine os pratinhos de vasos de plantas; caso não seja possível mantenha-os limpos e escovados pelo menos três vezes ao dia;
  • Ao trocar os pneus, deixe os velhos na borracharia, para que o destino adequado seja dado a eles.

Foto: Prefeitura de Chapecó/Reprodução