16 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Clima / Tempo

Ciclone Akará: tempestade tropical pode gerar instabilidades; veja previsão

Tempestade rara não deve tocar o continente, mas deve trazer vento e fortes ondas na região litorânea

A semana inicia com as atenções voltadas a uma tempestade tropical que se forma na costa Sul do Brasil. Denominado Akará, o fenômeno que se formou em alto mar nas primeiras horas desta segunda-feira (19) é um episódio raro nesta região, e caracteriza o estágio anterior ao de um furacão em ciclones tropicais. Os impactos desta tempestade não devem ir além da agitação marítima, com ondas mais altas, mas não estão descartadas formação de nebulosidade com temporais isolados na costa catarinense.

De acordo com as análises do laboratório MetSul Meteorologia, a tempestade Akará seguirá avançando no sentido Sul, a Leste do Brasil, nesta primeira metade da semana. De acordo com as projeções, a tempestade atípica permaneceria todo o tempo em mar aberto e sem tocar terra. Confira a previsão para a semana.

Segunda-feira

A Tempestade Akará mantém o fluxo de umidade do mar para o continente nesta segunda-feira, o que favorece a ocorrência de chuvas esparsas eventualmente acompanhada de trovoadas no litoral. Além disso, uma área de baixa pressão no Paraguai combinada ao aquecimento durante o dia favorecem o desenvolvimento de temporais isolados e pancadas de chuva em trechos do Grande Oeste, se deslocando para os planaltos e demais regiões a partir da tarde. Associado aos temporais são esperados chuva pontualmente intensa, raios, rajadas de vento e eventual queda de granizo, sobretudo do Extremo Oeste ao Litoral Norte do estado, atingindo também todo o Vale do Itajaí e parte da Grande Florianópolis. O risco é baixo a moderado para ocorrências meteorológicas como destelhamentos e alagamentos pontuais.

 

As temperaturas mínimas ficam próximas dos 12/13°C na Serra e variam de 16°C a 22°C nas demais regiões. No período da tarde, se aproximam dos 30/32°C no Extremo Oeste, Oeste, Vale do Itajaí e Litoral Norte e variam de 25°C a 29°C nas demais regiões. Os ventos sopram com fraca intensidade e não apresentam direção predominante. As ondas apresentam alturas entre 1,5 e 2,0 m do quadrante leste.

Terça-feira

Na terça-feira (20), o ciclone deve continuar sua trajetória para sul com seu centro posicionado na altura do Rio Grande do Sul, ainda em alto mar. Em Santa Catarina, o dia começa com maior nebulosidade e condição para chuvas fracas ocasionais, que dão lugar a aberturas de sol ao longo do dia. Nas áreas próximas ao Paraná, incluindo o Oeste, novamente há condições para temporais isolados entre a tarde e a noite. O risco é baixo para ocorrências meteorológicas.

As temperaturas mínimas ficam próximas dos 10°C na Serra, variam de 14°C a 17°C entre o Meio-Oeste, Grande. Florianópolis serrana e Planalto Norte e de 18°C a 21°C nas demais áreas. Já as máximas variam entre 24°C e 27°C nos planaltos e ficam na casa dos 27/29°C no restante do estado, se aproximando dos 32°C em trechos do Grande Oeste próximos à divisa com o RS. Os ventos sopram com intensidade fraca na maior parte do estado e com rajadas que podem chegar aos 50 km/h nas áreas costeiras da Grande Florianópolis ao Baixo Vale do Itajaí. O mar segue agitado na Grande Florianópolis e Litoral Sul, com altura de 1,0 a 2,0 m e com direção sudeste.

Quarta-feira

Na quarta-feira (21), a tendência é que o ciclone comece a perder intensidade, se mantendo em alto mar na latitude do RS. Apesar disso, o fluxo de umidade do mar em direção ao continente segue favorecendo a ocorrência de chuvas fracas no litoral e Vale do Itajaí no início e final do dia. Nas demais regiões e períodos do dia, o tempo permanece firme com predomínio de sol. Não há risco para ocorrências meteorológicas.

Na madrugada, as temperaturas ficam um pouco mais baixas que nos dias anteriores, com marcas entre 8°C e 10°C na Serra, entre 10°C e 14°C entre o Meio-Oeste, Planalto Norte, Grande. Florianópolis serrana e áreas mais altas do Vale do Itajaí, e de 15°C a 22°C nas demais áreas, com os maiores sendo observados nas áreas litorâneas. A tarde será de calor com marcas entre 25°C e 31°C pelo estado com valores menores sendo observadas nas áreas mais altas. A agitação marítima segue maior em alto mar, mas nas áreas costeiras esperam-se ondas entre 1,0 e 1,7 m, com maior agitação no Litoral Sul.

Quinta e sexta

Na quinta-feira (22), projeções o início da dissipação da Tempestade Akará, mas o fluxo de umidade do mar e instabilidades atmosféricas voltam a favorecer a ocorrência de temporais isolados pelo estado a partir da tarde, especialmente do Meio-Oeste ao litoral. Na sexta-feira (23), a condição para temporais bastante isolados a partir da tarde segue em todas as regiões. De acordo com a Defesa CIvil, as incertezas associadas à previsibilidade deste sistema segue afetando a previsão do tempo para Santa Catarina.

 

Foto: earth nullschool