12 de abril de 2024
TV Barriga Verde
Cotidiano

Claudia Jimenez morre aos 63 anos no Rio de Janeiro

A Atriz  faleceu neste sábado (20), no Rio de Janeiro, por complicações cardíacas. Em 1986, Claudia Jimenez descobriu um tumor maligno no tórax, e conseguiu curar-se da doença, mas as sessões de radioterapia podem ter afetado os tecidos do coração, o que a obrigou a fazer pelo menos três cirurgias nos anos seguintes. A humorista estava internada no Hospital Samaritano, na zona sul da capital carioca.

Nascida na Zona Oeste do Rio, em 1959, a estreia de Jimenez nos palcos aconteceu ainda em 1978, quando viveu a prostituta Mimi Bibelô, na primeira montagem do “Ópera do Malandro”. Foi isso que a fez chegar na Globo após ser descoberta por Maurício Sherman. A partir daí foi convidada a fazer parte do elenco de “Viva o Gordo” e depois fez participações em “Os Trapalhões”.

Essa veia cômica serviu de escada para brilhar com Chico Anysio, principalmente na “Escolinha do Professor Raimundo”, vivendo a inesquecível Dona Cacilda. Outro sucesso em sua trajetória foi vivendo a doméstica Edileusa em “Sai de Baixo”, em 1996. Esteve em novelas como “Torre de Babel” (1998), “As Filhas da Mãe”

Seu trabalho mais recente na televisão foi no quadro “infratores”, do Fantástico (Globo) em 2018. Longe das novelas desde 2016, quando interpretou Lucrécia, em haja coração.

Foto: Instagran/Reprodução

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano