29 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Cotidiano

Começa a temporada da Safra da Tainha em Florianópolis

Haverá dois eventos de abertura, um no Moçambique e outro no Campeche

Inicia no dia 1º de maio, a temporada de pesca da tainha em Florianópolis e em todo o estado de Santa Catarina. O período vai até dia 31 de julho. A iluminação pública nos ranchos provisórios durante a safra é intensificada pela Prefeitura da Capital, juntamente da instalação de banheiros químicos para os pescadores.

Haverá dois eventos de abertura da Safra no dia 1º de maio, um às 14h, no Rancho de Pesca Canto do Morro, na Praia do Moçambique e outro Campeche, das 8h às 12h30 e de 13h30 às 18h, promovido pelo Instituto Getúlio Manoel Inácio.

Diferentes atividades serão promovidas no Moçambique durante a tarde: roda de rendeiras, roda de capoeira, boi de mamão, banda do exército e café comunitário.

 

Neste período, o surf fica permitido na Praia da Joaquina e na Praia Mole. Na Lagoinha do Leste, Praia do Matadeiro e Praia da Armação é permitido em até 500 metros do canto esquerdo da praia e até 500 metros para a direita da entrada da Praia do Moçambique.

O restante das praias deverão utilizar o sistema de bandeiras, a serem instaladas diariamente pelos responsáveis pelos ranchos de pescas, nas cores verde e vermelha, indicando, respectivamente, a permissão ou proibição da prática de surf durante o período de pesca da tainha.

A iniciativa conta com um site chamado Tainhômetro, que mostra o ranking da quantidade de Tainhas pescadas em cada praia em Florianópolis, para acessar clique aqui.

“A pesca da tainha é uma tradição na Capital, além de movimentar a economia, o turismo e fazer valer nossa cultura açoriana”, explica o prefeito, Topázio Neto.

“Houve a captura de 144.727 tainhas na temporada 2022, cerca de 1.500 pescadores participaram da safra. Essa atividade tradicional promove o desenvolvimento econômico de nossa cidade, passada de geração para geração e serve como fonte de renda para diversos pescadores”, explica o secretário da Superintendência de Pesca, Maricultura e Agricultura, Adriano Weickert.

Confira a agenda completa:

Campeche | Direção: Instituto Getúlio Manoel Inácio

Matutino

  • 08h – Café comunitário | Coletivo Casa das Rendas do Campeche;
  • 09h – Procissão e Missa;
  • 10h45 – Benção aos pescadores de todo o litoral Catarinense;
  • 11h10 – Apresentação das questões dos pescadores artesanais e suas conquistas;
  • 11h30 – Apresentação da Dona Bilica | Música com Angelo Arruda;
  • 12h30 – Encerramento.

Vespertino

  • 13h30 – Apresentação de Capoeira | Casa Cultural Canela Preta, Coletivo Casa das Rendas do Campeche, Caminhada fotográfica – Carolina Arruda/Rancho Cultural;
  • 14h30 – Corrida da canoa na estiva, Cabo de Guerra, Oficina Programa reóleo da ACIF;
  • 15h30 – Apresentação da Orquestra de choro Campeche;
  • 16h15 – Soltura de tartaruga do Projeto Tamar;
  • 17h15 – Apresentação do Boi de mamão do Campeche;
  • 18h – Encerramento.

Foto: PMF/Reprodução

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano

Cotidiano