3 de março de 2024
TV Barriga Verde
Segurança

Conheça a preparação da operação dos Bombeiros para a temporada de veraneio

Corpo de Bombeiros dá dicas para pegar uma praia e se divertir em segurança neste verão

A menos de um mês para o início oficial do verão, os dias quentes e de sol têm atraído a população para atividades de lazer nas praias. Neste cenário, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) já se prepara para dar início à Operação Veraneio. A maior operação do CBMSC envolve ações de planejamento, organização e controle para a prevenção e salvamento aquático no território catarinense. Planejada durante todo o ano, a OPV envolve guarda-vidas civis voluntários (GVCV) e viaturas adequadas a este tipo de atividade. Ela acontece em três etapas: pré-temporada, temporada e pós-temporada.

A temporada de veraneio em Santa Catarina inicia no dia 16 de dezembro. Atualmente, o CBMSC está na fase de pré-temporada da Operação Veraneio, em que gradativamente os postos guarda-vidas vão sendo ativados, principalmente aos finais de semana e feriados. Neste período, há monitoramento de 108 praias, em 25 municípios, com um total de 243 postos guarda-vidas.

O CBMSC atua diretamente na prevenção e no primeiro atendimento em caso de ocorrência de afogamento e alerta para a importância de medidas de auto prevenção e respeito às indicações de segurança. “A maior parte dos acidentes em ambientes aquáticos ocorrem com pessoas que superestimam suas capacidades ou não sabem como agir quando se deparam com alguma situação de perigo”, afirma o coronel Aldrin Silva de Souza, comandante da 1º Região Bombeiro Militar, área responsável pelo litoral catarinense, que concentra maior parte da Operação Veraneio.

 

Preparação dos guarda-vidas-civis voluntários

Segundo a corporação, todo guarda-vida civil voluntário que atua no litoral catarinense durante a Operação Veraneio passa por um curso de certificação ou recertificação para que esteja apto a realizar salvamentos em ambientes aquáticos. Todos atuam sob a supervisão dos militares do CBMSC. Atualmente, cerca de 800 guarda-vidas-civis estão em formação e 758 já estão aptos para atuar nesta temporada.

Como o foco principal é sempre a prevenção para reduzir o número de mortes por afogamento em Santa Catarina, os cursos abordam questões importantes sobre sinalização de praia, orientações para os banhistas, sinais sonoros (apito), entre outros. Já os testes de aptidão física são atualizados rotineiramente, seguindo o padrão internacional de salvamento aquático e proporcionam que o GVCV realize provas que simulam a rotina de trabalho. Ele é capacitado, também, para realizar atendimento pré-hospitalar (APH).

 

Como saber onde tem posto guarda-vidas ativo

No aplicativo CBMSC Cidadão, desenvolvido para que todas as informações da corporação estejam disponíveis para os cidadãos, há dicas para segurança e acessibilidade nas praias catarinenses. No ícone “Praias”, é possível visualizar as condições do mar, incidência de águas-vivas, balneabilidade da água, presença de ressaca, além dos endereços dos postos de guarda-vidas compartilhável com o seu aplicativo de navegação.

 

Como curtir a praia em segurança

Além do senso de auto prevenção, o CBMSC alerta para algumas práticas que são fundamentais para a segurança do banhista em um momento de lazer.

  • Ao planejar uma ida à praia, é importante buscar por locais onde há serviços de guarda-vidas;
  • Fique atento à sinalização dos postos. A bandeira vermelha significa alto risco de afogamento, bandeira amarela médio risco de afogamento e bandeira verde baixo risco de afogamento. Há ainda a bandeira lilás, que indica presença de água-viva e a bandeira preta, que indica que aquele posto está desativado;
  • Atenção especial à sinalização na faixa de areia, em que a bandeira vermelha triangular significa que aquele local é perigoso. Normalmente sinaliza, também, que há uma corrente de retorno;
  • Respeite aos avisos e alertas dos guarda-vidas;
  • Caso seja surpreendido por uma corrente de retorno, mantenha a calma e nade paralelamente à praia buscando o banco de areia. Jamais nade contra a corrente, em direção a praia. Peça ajuda sinalizando com os braços;
  • Evite nadar ou mergulhar próximo aos costões;
  • Após uma refeição ou ingestão de bebida alcoólica, não entre na água;
  • Se for queimado por uma água-viva, não esfregue o local e nem utilize água doce para lavar. A indicação é o uso de vinagre. Nos postos de guarda-vidas as nossas equipes disponibilizam vinagre e poderão avaliar a situação dos casos mais graves.

 

SC é campeã brasileira de Salvamento Aquático Desportivo

No decorrer do ano, os guarda-vidas de todo os estados se reúnem em campeonatos de salvamento aquático que visam manter todos atualizados dos padrões internacionais de salvamento, além de prepará-los para campeonatos nacionais e mundiais.

Campeã em 2022 em Torres, no Rio Grande do Sul (RS), Santa Catarina sediou entre os dias 9 e 11 de novembro, nos municípios de Itajaí e Itapema, o 22° Campeonato Brasileiro de Salvamento Aquático Desportivo (Sobrasa Rescue 2023).

A delegação catarinense, com mais de 90 integrantes, foi formada a partir de dois campeonatos catarinenses: de praia, em maio em Itapema, e de piscina, em setembro em Lages. Além de seletivas estaduais, abertas a aproximadamente 2 mil guarda-vidas militares e civis. Titulação que destaca a qualidade e treinamento das equipes que atuam com salvamento aquático no CBMSC.

Em fevereiro deste ano, o CBMSC representou o estado no campeonato Elite 2023 de Lifesaving, ou Salvamento Aquático Desportivo, em Matinhos, no Paraná. Essa foi a primeira vez que uma delegação catarinense participou deste campeonato e o CBMSC se destacou com a conquista de 48 medalhas, a maioria de primeiro lugar.

 

Fotos: Divulgação/CBMSC

Segurança

Segurança

Ocorrência, Segurança

Segurança

Segurança

Segurança