29 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Esportes

Copa Truck estreia a temporada de 2023 em Goiânia

A 7ª temporada da Copa Truck começou neste domingo (19), em Goiânia (GO), com o maior grid de sua história e mudanças no regulamento.

Em 2023, o grid agora conta 30 caminhões, e a classe principal da corrida passa a se chamar Pro, com a Super mantendo as mesmas especificações de sua criação em 2021. Agora, as duas classes passam a operar separadamente, tanto nos treinos, quanto nas regras das corridas.

Na primeira etapa, tivemos belas disputas e equilíbrio entre todos os pilotos. Fábio Fogaça, da FF Motorsport, venceu a primeira corrida e Evandro Camargo, da Tiger Team, a segunda.

Com a batida, o Safety Truck entrou e após a relargada, Fábio Fogaça continuou na liderança até o final da prova, seguido de Thiago Rizzo e Bia Figueiredo respectivamente.

Na largada da segunda prova, Kleber Eletric largou no pelotão errado, durante a inversão do grid ele se posicionou junto a categoria PRO, durante a corrida Pedro Paulo e Thiago Rizzo tiveram um toque e rodaram na pista, após o toque Thiago teve que abandonar a corrida.

Evandro Camargo, por fora de toda a confusão da largada, assumiu a liderança e não teve dificuldades para vencer a segunda corrida do dia. Jô Dias estava em terceiro mas conseguiu ultrapassar Bia Figueiredo após ela escorregar para fora da pista.

Fábio Fogaça, que venceu a primeira, alcançou o terceiro lugar faltando um minuto para o final da corrida. Na largada, ao final da reta, Bia Figueiredo e Jô Dias tiveram um toque que fez Jô rodar, mas felizmente nada grave ocorreu e ele continuou na pista.

Com um final de semana para se esquecer, Caio Castro escapou e acabou batendo no mesmo local onde Roberval Andrade colidiu ontem pela categoria PRO. Com isso, Caio teve que abandonar a corrida logo cedo.

Treino

No treino qualificatório de sábado (18), Felipe Giaffone cravou a pole pela classe Pro com tempo de 1min49s867, 0s423 à frente do companheiro de equipe Beto Monteiro. A Volkswagen ainda dominou o G4 com André Marques e Paulo Salustiano. A equipe esse ano entra com novidades, com o caminhão híbrido da Volkswagen e a estreia do Iveco S-Way nas pistas. Além disso, o novo pesado da marca italiana será o safety truck da temporada.

Djalma Fogaça marcou 1min52seg792 e larga em 13º. Roberval Andrade assustou a todos ao bater forte depois de pegar um espelho d’água após uma chuva torrencial que interrompeu a sessão.

Já na Super, a classificação foi tomada de emoção. Retornando à Copa Truck após um sério problema de saúde que o tirou da última etapa, Jô Augusto emocionou a todos ao abrir a temporada 2023 com a pole position. Com o tempo de 1min52s016, o piloto da Volkswagen superou em 0s030 o Mercedes-Benz de Fábio Fogaça, que fecha a primeira fila. A estreante Bia Figueiredo e Thiago Rizzo chegaram logo a seguir.

Foto: Duda Bairros/Vanderley Soares/Copa Truck/Reprodução

Esportes

Esportes

Esportes

Esportes

Esportes

Esportes