13 de junho de 2024
TVBV ONLINE
Educação

Creche arrecada 530 litros de óleo, em gincana da ACIF; confira

Creche Municipal da Capital arrecada 530 litros de óleo para descarte correto e ganha segundo lugar em gincana da ACIF
Como premiação da competição, a unidade de educação infantil Luiz Paulo Da Silva foi contemplada com um notebook pelo programa Reóleo 2022.

Intensificando a coleta de óleo de cozinha usado, o Núcleo de Educação Infantil de Florianópolis (Neim) Luiz Paulo da Silva, localizado no bairro Santinho, participou da gincana do Programa Reóleo – da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF), reforçando a importância para toda a comunidade sobre o descarte correto, visando controlar o aumento da poluição ambiental.

A creche, que já faz a coleta voluntária do óleo de cozinha desde 2012 – também garantindo o benefício de trocar o líquido por produtos de limpeza que serão utilizados na própria unidade educativa – viu uma oportunidade para engajar ainda mais a comunidade escolar durante o segundo semestre de 2022.

 

 

Isso aconteceu quando a ACIF abriu inscrições para a “Gincana de Coleta de Óleo”, uma iniciativa que tem como finalidade conscientizar crianças e adolescentes a tomarem atitudes voltadas para a preservação do meio ambiente, levando conhecimento sobre o assunto para as creches e escolas de toda a capital.

Para iniciar as discussões com a garotada, a unidade recebeu a visita de Luiz Falcão, embaixador do Programa Reóleo, que trouxe seu mascote, Olhó Olhó, para contar histórias, falar sobre a natureza e promover a conscientização sobre o descarte adequado do óleo saturado vegetal.

Conquistando um lugar no pódio

No decorrer da gincana, realizada de outubro a novembro do ano passado, as atividades desenvolvidas com as crianças de 3 a 6 anos, foram desde músicas autorais, teatro, desenhos representando como imaginavam que seria o mascote do Neim, até a confecção do personagem escolhido.

Durante este período, os educadores conversaram com comerciantes e conhecidos, os orientando sobre a maneira efetiva de reduzir o impacto que o óleo de cozinha provoca no meio ambiente e direcionando eles para o local de recolhimento. Além disso, foi reforçado, via agenda escolar e Whatsapp, um comunicado com todas as informações que as famílias precisavam para contribuir com a coleta do óleo e ajudar os pequenos ativistas a conscientizar cada vez mais pessoas.

Os pais e responsáveis também tiveram um importante papel na construção da personagem “Oleana”, escolhida pela criançada para ser a mascote do Neim, e que foi construída a partir de sucatas e reciclados.

Percebendo que os pequenos ficaram muito entusiasmados com o resultado das confecções, os professores decidiram incluir a personagem na rotina de atividade, a fim de estimular o contato com a natureza, e instruir as crianças e suas famílias a debaterem sobre sustentabilidade e preservação ambiental fora do ambiente escolar.

Quando o prazo de arrecadação se encerrou, a coleta do programa Reóleo contabilizou que a unidade havia conseguido 530 litros de óleo vegetal usado, garantindo então, o prêmio de segundo lugar da competição, um notebook que será entregue no início do ano letivo de 2023.

De acordo com o secretário de Educação, Maurício Fernandes Pereira, o projeto faz diferença para a cidade, pois cada litro de óleo descartado incorretamente pode contaminar até 25 mil litros de água, ou seja, somente com os 530 litros de óleo de cozinha coletados neste curto período de tempo, foram preservados 13 milhões de litros de água.

Confira imagens dos trabalhos das crianças:

Foto: PMF/Reprodução