25 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Paulo Chagas

Deputado cobra posição do governo brasileiro frente à Venezuela

Dr. Vicente ergue a voz pela defesa da democracia e dos direitos humanos na Venezuela / Foto: Bruno Collaço / Agência AL

O deputado estadual, Dr. Vicente Caropreso (PSDB) reagiu diante do clamor internacional pela defesa da democracia e dos direitos humanos da Venezuela. Conforme ele, diante dos recentes acontecimentos envolvendo a prisão arbitrária da advogada e ativista política Rocío San Miguel e o fechamento da representação da ONU no país pelo governo de Nicolás Maduro, o parlamentar ocupou a tribuna da Alesc nesta terça-feira, 20, para expressar preocupação com a omissão do Brasil diante dessa crise. Ao observar o posicionamento conjunto de países como Uruguai, Argentina, Paraguai, Costa Rica e Equador em condenar veementemente os abusos contra a liberdade na Venezuela, o deputado lamentou a ausência da assinatura brasileira no documento. Para Dr. Vicente, a falta de posicionamento do Brasil representa não apenas uma falha diplomática, mas também uma omissão moral diante da violação dos direitos humanos, da liberdade e da democracia que aflige o povo venezuelano. Ele também criticou veementemente a fala do presidente Lula que comparou a reação de Israel em Gaza ao extermínio de judeus por Hitler. Para o deputado, o presidente Lula cometeu um erro grave ao usar o termo holocausto para comparar o revide do governo de Israel contra grupos terroristas na Palestina.

Opositores pedem o impeachment de Lula

Declarações de Lula sobre conflito na Faixa de Gaza dominaram debates no Plenário / Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

A terça-feira (20) foi marcada por falas de parlamentares da oposição, em Brasília. Também articulam o protocolo ainda nesta quarta-feira (21), do pedido de impeachment contra o presidente Lula, devido aos dizeres comparando a ofensiva de Israel contra o Hamas ao Holocausto, ou seja, com o genocídio que matou cerca de 6 milhões de judeus por nazistas, na Segunda Guerra Mundial. As declarações de Lula geraram uma grave crise diplomática entre o Brasil e Israel, ao ponto de o Presidente ser declarado “persona non grata”. Nas redes sociais, a deputada Daniela Reinehr, falou do número recorde de assinaturas pelo impeachment, 129, incluindo de parlamentares da base do próprio governo.

Vedada terapia de redesignação sexual para menores de idade

Foto: Bruno Collaço / Agência AL

Nesta terça-feira (20), a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Alesc apresentou parecer favorável ao Projeto de Lei (PL) 73/2023, de autoria do deputado Sargento Lima (PL), que veda a realização de terapias de redesignação sexual para menores de idade e de possíveis intervenções cirúrgicas de redesignação sexual, ou readequação sexual, para menores de 21 anos. Uma emenda substitutiva global, entretanto, incluiu no texto a possibilidade de iniciação da hormonioterapia cruzada a partir dos 16 anos de idade, desde que haja recomendação médica e seja respeitado o procedimento médico disposto na legislação atualmente em vigor. Antes de ir a plenário, a proposição ainda será analisada pelas comissões de Finanças; de Saúde; de Direitos Humanos e Família; e de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente. (Fonte: Agência AL)

Encontro Regional Sul em Florianópolis

Edinho Bez, diretor institucional da Frenlogi – Foto: Erasmo Salomão

O Encontro Regional Sul do Brasil, em Florianópolis, dia 29 de fevereiro irá contar com as presenças de Ministros dos Transportes, Renan Filho e de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, presidentes de autarquias federais, como da Infra Federal, presidente da Infra aero, presidente da ANTT, da Rafael Vitaly, Diretor da Antaq, Eduardo Nery, governadores, secretários dos Estados do PR; SC e RS, além do o presidente da ACAERT-SC, Rogério Amado Barzellay. O Encontro vai debater investimentos e oportunidades para a iniciativa privada. A promoção é da Frente Parlamentar Mista de Logística e Infraestrutura (FRENLOGI), tendo como presidente o senador Wellington Fagundes. O Evento acontece no grande auditório da Alesc, a partir das 13h30min. Segmentos aeroportuários, ferroviários, rodoviários, portuários e hidroviários, fazem parte das câmaras temáticas do encontro. Segundo o diretor institucional da Frenlogi, Edinho Bez, em pauta também outros temas importantes da região sul, como os Caminhos da Neve, Rota dos Jesuítas, conclusão da BR-285 e outros temas de interesse micro regional. Por outro lado, a Frenlogi, realizará outros eventos de grande porte em Minas Gerais, Mato Grosso e Amazônia.