20 de abril de 2024
TV Barriga Verde
Policial Política

Diretor do Procon de Santa Catarina é afastado após denúncia de assédio sexual

Boletim de ocorrência foi registrado por funcionária de empresa terceirizada que presta serviço ao órgão

O diretor do Procon de Santa Catarina, Roberto Salum, foi afastado do cargo pelo Governo do Estado na manhã desta sexta-feira (29), após uma denúncia de assédio sexual registrada por uma funcionária de uma empresa terceirizada se tornar pública.

A servidora, que presta serviços ao Procon estadual, registrou o boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher da Polícia Civil em Florianópolis nessa quarta-feira (27). O caso já está sendo investigado.

Salum deve manifestar-se em uma coletiva de imprensa marcada para a próxima terça-feira (2), às 10h, para esclarecer a situação.

 

Roberto Salum é jornalista e político catarinense, tendo já atuado como deputado estadual suplente de 26 de julho a 28 de setembro de 2016, e também de novembro de 2017 a abril de 2018. Atualmente, é filiado ao PL. Salum assumiu o cargo no Procon em fevereiro deste ano.

O afastamento foi comunicado em uma nota divulgada pelo Governo: “O Governador do Estado, ao tomar conhecimento de denúncia cujo conteúdo se refere à falta de decoro no exercício da função pelo Diretor Estadual do Procon-SC, determinou o imediato afastamento do servidor e pediu a apuração célere dos fatos. O Governo do Estado não pactua com atos atentatórios à moral e aos bons costumes.”

 

Foto: Procon/Divulgação

Policial

Política

Policial

Policial

Policial

Policial