17 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Paulo Chagas

Economia da Alesc viabiliza recursos para a saúde a todas as regiões

Recursos economizados pela Alesc chegam a municípios por meio de Bancadas Regionais / Foto: Rodolfo Espínola / Agência AL

Desta vez são R$ 80 milhões que estão sendo repassados por meio das Bancadas Regionais, destinados a atender especialmente a área da saúde, e parte, em infraestrutura. O montante dos recursos vem da economia de gestão da Assembleia Legislativa. A forma de distribuição, considerada inédita, tem a consideração favorável das seis bancadas regionais, constituídas no Parlamento. Blumenau, por exemplo, terá o repasse feito há dois hospitais considerados estratégicos para a região. O deputado Marcius Machado (PL), da Serra, enalteceu a iniciativa, afirmando ser um marco para o desenvolvimento regional. Para o Oeste, serão R$ 18 milhões para aplicação. Fato também enaltecido pela deputada Luciane Carminatti (PT). E assim, a boa notícia da economia de recursos também contempla o Sul e o Norte do Estado, entre outras regiões. O presidente da Casa, Mauro De Nadal (MDB), comentou a respeito da economia e os repasses, e disse sentir a satisfação dos administradores em receberem este gesto importante do Parlamento.

Podemos tem novo comando em Blumenau

Na função de presidente estadual do Podemos, a deputada Paulinha tem conversado com os filiados de todas as regiões para definir o comando do partido nas principais cidades do estado. Em Blumenau, o empresário e ex-vereador Fábio Fiedler foi convidado para assumir o comando do Podemos. No entanto, nas tratativas internas, ainda não há definição de quem o Podemos apoiará para a eleição de prefeito no município. Fiedler foi eleito vereador de Blumenau em 2008 e 2012, sendo o segundo candidato mais votado neste último pleito. A principal tarefa do novo presidente é reconstruir o Podemos e viabilizar a nominata de vereadores para a eleição de outubro deste ano e preparar o partido para 2026. Por sua vez, Paulinha tem como meta estruturar o partido nos 20 maiores municípios de Santa Catarina, buscando a eleição de vereadores em 2024.

Relatório final do reservatório da Casan em Florianópolis

Deputado Mário Motta lê o relatório final da comissão mista / Foto: Bruno Collaço / Agência AL

A comissão que esteve encarregada de investigar o caso do rompimento de um reservatório da Casan, ocorrido no dia 6 de setembro de 2023, em Florianópolis, aprovou o relatório final sobre o caso. O documento, de 145 páginas, foi apresentado na manhã desta terça-feira (19), na Assembleia Legislativa. Conforme o relator, deputado Mário Motta (PSD), o trabalho final do grupo parlamentar corrobora os resultados obtidos pela polícia científica do estado, no qual a execução da obra foi apontada como em desacordo com o projeto original, sendo evidenciadas irregularidades nas dimensões das ferragens utilizadas nas armaduras de ligação, estribos e barras de pilares. No relatório é recomendada a responsabilização de profissionais envolvidos, e sugerida uma série de providências à Casan e a órgãos públicos. O relatório irá servir de apoio para os processos judiciais, para as responsabilizações que devem acontecer. Pelo relatório, o rompimento da parede da célula 2 do reservatório R4, localizado no bairro Monte Cristo, em Florianópolis, rompeu “pela incapacidade da parede estrutural em transferir aos pilares adjacentes os esforços exercidos pela massa de água que havia em seu interior, decorrente de falha humana e recomenda a responsabilização dos envolvidos. (Fonte: Agência AL)