14 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Paulo Chagas

Em Brasília, governador em exercício trata de temas de interesse de SC

O governador interino acompanhado de deputados federais e estaduais pediu a liberação do Curso de Medicina em Lages / Foto: Adriano Piekas

Ao cumprir agente em Brasília, nesta terça-feira (9), o governador em exercício Mauro De Nadal manteve agenda nos ministérios da Educação, Transportes e Cidades. Um dos assuntos e que tem atenção da Serra Catarinense, esteve na programação. Nadal foi em busca de uma solução para a abertura de novas vagas para curso de Medicina, além da busca de recursos para rodovias de Santa Catarina e ao programa de habitação. Sobre o Curso de Medicina da Unifacvest, em Lages, a conversa não foi com o ministro Camilo Santana, mas sim, com o chefe da assessoria de Assuntos Parlamentares e Federativos do Ministério da Educação, Leo de Brito. O objetivo foi ajustar a possibilidade de autorização de 200 vagas anuais para o curso, que já conta com total infraestrutura e teve altos investimentos. Conforme Mauro de Nadal, a região serrana, que conta com 18 municípios, possui 783 médicos, o que é considerado insuficiente. Além disso, é a região de menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de Santa Catarina. O pedido foi feito anteriormente pela universidade, mas foi indeferido pelo Ministério. A justificativa foi de que a região tem mais médicos do que o necessário, o que foi contestado pela delegação.

Pedido acompanhado por deputados

O reforço ao pedido junto ao Ministério da Educação é devido à importância do curso de Medicina, em Lages. O representante do Governo do Estado e os parlamentares federais e estaduais, que fizeram parte da comitiva, afirmam ser um quesito fundamental para a melhoria dos atendimentos em saúde na Serra e para diminuir a fila de espera. Por isso, solicitamos que o Ministério da Educação peça uma reanálise dos dados junto ao Ministério da Saúde para que, em seguida, seja feita uma reconsideração da decisão”, afirmou De Nadal.

Rodovias catarinenses e habitação

Agenda no Ministério dos Transportes / Foto: Adriano Piekas

Estes foram outros assuntos programados na agenda do governador em exercício. Ao estar com o secretário executivo do Ministério dos Transportes, George Santoro, que responde interinamente pelo Ministério, Nadal tratou dos investimentos em rodovias federais em Santa Catarina e a devolução dos recursos investidos pelo Estado em BRs, recurso na ordem dos R$ 384 milhões. Na ocasião foi lembrada as palavras do ministro Renan Filho, quando esteve em Santa Catarina, sobre o interesse de fazer uma compensação daquilo que Santa Catarina, no mandato passado, aplicou em rodovias federais, em território catarinense. Na terceira e última agenda, a visita foi ao Ministério das Cidades, onde foi recebido pelo ministro Jader Filho. A audiência aprofundou esclarecimentos sobre a linha do programa de habitação do governador federal, que passará a focar exclusivamente nos municípios com até 50 mil habitantes, os quais compõem a maioria dos municípios catarinenses.

Mauricio Eskudlark repassa o comando da Alesc ao 2º vice-presidente

Rodrigo Minotto e Mauricio Eskudlark, durante a transmissão do cargo, na tarde desta terça (9) / Foto: Vicente Schmitt/Agência AL

Uma nova transmissão de cargo ocorreu nesta terça-feira (9), na presidência da Alesc. O 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Rodrigo Minotto (PDT), assumiu o cargo. A transmissão do cargo ocorreu na Sala de Reuniões da Presidência, na presença de autoridades e servidores do gabinete do parlamentar. Ocorre que o 1º vice-presidente da Alesc, deputado Mauricio Eskudlark (PL), que assumiu a Presidência no domingo (7), em virtude da licença do presidente Mauro de Nadal (MDB) para chefiar o governo do Estado por uma semana, transmitiu o cargo para Minotto para passar por exames médicos. Por sua vez, o novo presidente destacou que essa é a primeira vez que seu partido, o PDT, assume o comando do Legislativo estadual, mesmo que interinamente.

ALESC fará sessão solene em Chapecó

Crédito da Imagem: Tadeu Salgado e Cléber Tobias/UFFS

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC) estará em Chapecó para realizar uma sessão solene, em homenagem aos 15 anos da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), na próxima sexta-feira, 12, a partir das 19h, no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nes. A sessão solene é uma proposição da deputada estadual Luciane Carminatti (PT). A UFFS foi criada pela Lei n° 12.029, de 15 de setembro de 2009. É uma instituição de ensino superior pública, com Reitoria em Chapecó e campi nos três estados da região sul do Brasil. No Paraná está nos municípios de Laranjeiras do Sul e Realeza, em Santa Catarina no município de Chapecó e no Rio Grande do Sul nos municípios de Cerro Largo, Erechim e Passo Fundo.