26 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Educação Saúde

Escolas da rede estadual fazem ações de combate à dengue; confira

Estudantes, professores e gestores de todos os níveis de ensino realizaram diversas ações envolvendo o combate ao mosquito transmissor da dengue

Ações de conscientização e prevenção no controle do Aedes aegypti marcaram o dia D de combate à dengue nas escolas em todo o estado. A força-tarefa foi mobilizada pela parceria entre a Secretaria da Educação e a Secretaria da Saúde de Santa Catarina.

A secretária adjunta de Educação, Patrícia Lueders, esteve em escolas da região do Vale do Itajaí na última terça-feira (4) para acompanhar as ações desenvolvidas.

“O trabalho intersetorial entre as secretarias de educação e saúde, por meio da vigilância sanitária, já vinha acontecendo, o dia D foi uma mobilização, resultado desta parceria. Todas as escolas pararam e observaram o ambiente, fizeram limpezas, entre outras atividades que juntas podem, sim, combater e prevenir a dengue”.

A principal ação realizada nas escolas foi uma varredura no espaço para identificar quaisquer focos de água parada, por exemplo, que possam contribuir com os focos do mosquito. Além da dengue, o Aedes aegypti também é transmissor da zika e chikungunya.

A secretária de Saúde, Carmen Zanotto, salientou que a mobilização assim é necessária com a participação de todos para diminuir o número de focos do mosquito.

“É um dia de mutirão para eliminar qualquer foco que possa estar acontecendo. Somente com o trabalho de todos vamos diminuir os casos de dengue no Estado”. Dados da Dive mostram que, somente no mês de março, foram registrados mais de 25 mil focos de Aedes aegypti em 215 cidades catarinenses.

Além da varredura das escolas, os trabalhos envolveram confecção de cartazes, palestras, pedágios, visando mobilizar e sensibilizar a sociedade.

A escola EEF Nossa Senhora da Salete, de Quilombo, fez uma caminhada com recolhimento de lixo tanto no pátio da escola, quanto no pátio da igreja e no cemitério da comunidade, seguido de entrega de folders nas residências próximas à escola. Também realizaram observações nos espaços, estudantes da escola na EEB Vidal Ramos Junior, em Lages.

Passeatas com cartazes, panfletagem e observação de possíveis criadouros foram realizadas na EEB São João Bosco, em Apiúna, na EEB Deputado Augusto Bresola, em Vargem e na escola do campo em Campos Novos, EEB Professora Antônia Corrêa Mendes com a patrulha ‘Xô Dengue’.

Já a escola EEB Natálio Vassoler, localizada em Forquilhinha, em parceria com a defesa civil no município, chamada todos contra a dengue, com palestras dos agentes.

Visitas às escolas na Regional de Rio do Sul

A secretária adjunta de Educação, Patrícia Lueders, escolas da rede que compõem a Coordenadoria Regional de Educação de Rio do Sul. A escola EEB Alfredo Dalfovo firmou parceria com a vigilância sanitária municipal para distribuição de folders e teve o apoio da guarda municipal para realização do pedágio na rua principal do bairro.

Já na EEB Navarro Lins, a secretária adjunta assistiu à apresentação teatral e visitou as salas de aula que estavam com as atividades expostas. Na EEB Mario Nardell, a secretária adjunta acompanhou a apresentação do documentário Dengue, apresentando o histórico de combate na unidade.

Foto:  Secom/Reprodução

Saúde

Educação

Saúde

Saúde

Educação

Saúde