29 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Esportes Política

Ex-primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi morre aos 86 anos

Político ainda teve atuação de destaque à frente de clubes do futebol italiano

O ex-primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, morreu nesta segunda-feira (12) aos 86 anos, Ele estava internado no hospital San Raffaele, em Milão, desde a última sexta-feira (9). O político estava acompanhado da esposa, Marta Fascina, e dos filhos.

O político havia sido diagnosticado com leucemia e foi hospitalizado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no mesmo hospital em abril, para tratamento da doença, onde permaneceu internado por mais de um mês.

Na última sexta-feira (9), Berlusconi deu entrada novamente ao hospital para realizar exames de rotina, porém teve uma piora no seu estado de saúde. O ex-premiê deixa a esposa e cinco filhos.

 

Silvio Berlusconi nasceu em 29 de setembro de 1936, em Milão, na Itália. Na década de 1970, ele construiu um império na mídia italiana, onde implementou sucessos da televisão americana no país. Anos depois, na década de 1990, iniciou a carreira política.

Berlusconi foi eleito primeiro-ministro da Itália, pela primeira vez, em 1994 e ocupou o cargo por quatro mandatos, encerrando em 2011. Ele era líder do partido Forza Itália, fundado por ele quando decidiu entrar na política.

Em 2008, foi eleito para seu último mandato, que renunciou em 2011 após crise econômica na Itália. Ao longo da carreira na política sofreu uma série de investigações e foi condenado uma vez.

Trajetória no esporte

Berlusconi teve atuação de destaque no futebol italiano, presidindo o Milan de 1986 a 2017. Ao longo de mais de três décadas, ajudou o clube a conquistar títulos de destaque – entre eles, cinco edições da Liga dos Campeões da Europa.

“Profundamente triste, o AC Milan lamenta o falecimento do inesquecível Silvio Berlusconi e deseja compartilhar nossa solidariedade com a família, com os associados e com os queridos amigos”, publicou o clube em nota.

Em setembro de 2018, já fora do Milan, Berlusconi assumiu o comando do Monza através da empresa Fininvest, controladora do clube. Desde então, o Monza deixou a terceira divisão e chegou à elite do futebol italiano. Ex-CEO do Milan, Adriano Galliani assumiu a mesma função no novo clube.

“Adriano Galliani e todo o AC Monza lamentam a perda de Silvio Berlusconi”, publicou o clube nas redes.

Fonte: Band
Foto: Reprodução

Esportes

Política

Esportes

Esportes

Política

Política