23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Ocorrência

FAB divulga imagens do resgate em SC

Após ficar 24 horas desaparecido o piloto foi resgatado com vida

As imagens divulgadas pela Fora Aérea Brasileira (FAB) mostram o emprenho e as dificuldades da busca e resgate do empresário Mauro Ribeiro, de 60 anos de idade. Ele desapareceu durante um voo do Aeroclube de São José, Grande Florianópolis, até o aeródromo de Videira, no meio Oeste. A FAB foi acionada depois que o piloto não chegou ao destino.

O Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) empregou uma aeronave SC-105 Amazonas, do Segundo Esquadrão do Décimo Grupo de Aviação (2º/10º GAV) e a coordenação foi realizada pelo SALVAERO Curitiba.

 

O avião desaparecido foi localizado em área de mata em Ponte Alta, na Serra Catarinense, após 12 horas de procura e mais de 1500 km² percorridos. Um helicóptero Sikorsky UH-60 Black Hawk da Força Aérea foi empregado no resgate. Quando os militares chegaram ao local da queda encontraram o piloto com vida. Ele foi içado em uma maca até o helicóptero e levado para Florianópolis, onde recebeu atendimento médico no Hospital Celso Ramos.

Confira as imagens do Resgate

 

Helicóptero da FAB dando suporte ao resgate. Imagens: FAB

Situação da Vítima

O estado da vítima foi divulgado em um boletim do hospital que apontou que que a situação do piloto era grave. Ele teve politraumatismo e chegou a passar por cirurgia. Ainda na tarde de quinta-feira a família repassou uma nota falando sobre o ocorrido. “Queridos, Mauro chegou por volta das 16h no Hospital Celso Ramos, em Florianópolis. Vitória e Renan conseguiram visitá-lo. Nosso querido Mauro está com nariz cortado, escoriações e uma fratura exposta na perna esquerda. Por isso, deve ser submetido a uma cirurgia ainda hoje. Não há possibilidade de visitas. Estamos felizes por ele estar com vida e fora de perigo. Agradecemos o carinho e assim que tivermos mais notícias, voltamos a entrar em contato. Soraia, Vitória e família.

Chegada do helicóptero de resgate na Base Aérea de Florianópolis. Imagem: FAB
Investigações

As primeiras informações colhidas sobre o acidente dão conta de que o piloto teria perdido os instrumentos de voo. Ele chegou a fazer fez contato pedindo ajuda por um mecanismo de rádio na aviação, o GlobalStar SPOT.

A apuração do que realmente ocorreu ficou por conta do Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, órgão