29 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Esportes

FIA vai investigar os próprios funcionários por confusão com Ocon nos boxes

Francês entrou nos boxes na última volta do GP do Azerbaijão para trocar pneus e quase atropelou pessoal da FIA que aguardava os primeiros colocados

Um momento de perigo marcou o GP do Azerbaijão, neste domingo (30). Esteban Ocon largou de pneus duros e assim foi até o fim da corrida, na esperança de um safety car tardio para fazer a troca sem perder posições. Quando o safety car não veio, o piloto entrou nos boxes para fazer a parada obrigatória na última volta.

Só que no meio do pitlane estavam membros da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) já aguardando pelos três primeiros colocados na corrida. Por pouco o momento não se transformou em um acidente.

“Não é algo que você queira ver. Eu não entendo por que estavam preparando o pódio quando ainda estamos correndo, quando ainda tem uma volta e tem gente que ainda não fez o pit stop. Foi uma loucura, poderia ter sido um grande acidente. É algo que precisa ser analisado. Algo que não queremos ver acontecer”, afirma o piloto.

 

E é justamente por isso que a FIA decidiu investigar os próprios funcionários pelo incidente no pitlane. A Federação convocou os profissionais que cuidam da área de parque fechado para entender o que houve.

“Estamos investigando o incidente da última volta no pitlane. Os representantes da FIA responsáveis pelo parque fechado e de entrada de boxes terão de se apresentar aos comissários”, atestava um comunicado da própria Federação.

Fonte: Band

Foto: Band/Reprodução

Esportes

Esportes

Esportes

Esportes

Esportes

Esportes