18 de abril de 2024
TV Barriga Verde
Saúde

Florianópolis cria Centro de Referência para suprir demanda de atendimentos de dengue

Unidade de atendimento especializado é instalada na UPA Norte e passa a operar na segunda-feira

A Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis abre o primeiro Centro de Referência para Dengue (CRD) na próxima segunda-feira (26). A decisão foi tomada em função do aumento do número de casos suspeitos para a doença, especialmente na região norte do município. A estrutura será anexa à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte, em Canasvieiras, e tem expectativa de atender 150 pessoas por dia. O funcionamento ocorre das 7h às 19h.

O Centro de Referência para a Dengue atenderá exclusivamente casos suspeitos da doença. Será possível realizar avaliação clínica, testagem e coleta de exames laboratoriais, além da assistência em saúde, inclusive com hidratação venosa para os pacientes. O atendimento contará com testes rápidos, que apresentam resultados em minutos, a fim de anteceder o diagnóstico e mitigar a possível evolução dos casos.

“É a primeira vez que essa iniciativa é realizada no município. Nosso plano de contingência para a dengue já estava definido desde dezembro e, a partir de lá, monitoramos e avaliamos diariamente a evolução do cenário epidemiológico. Quando registramos uma média de 100 casos suspeitos diários, nesta semana, decidimos avançar”, informa a Secretária Municipal de Saúde, Dra. Cristina Pires Pauluci.

 

Além desta primeira unidade na região norte, o plano de contingência da Secretaria Municipal de Saúde prevê a abertura de até três pontos adicionais, a depender da evolução dos casos. Os demais CRD funcionarão na UPA Continente, Sul e na Policlínica da Mulher e da Criança, caso necessário. A estratégia tem o objetivo principal de não sobrecarregar as demais unidades de saúde.

“Como aqui em Florianópolis a população tem acesso à assistência para dengue nas UPAs e Centros de Saúde, dependendo da demanda, essas unidades podem ficar sobrecarregadas. O CRD amplia a nossa capacidade de atendimento, estrutural e profissionalmente, sendo mais uma opção para a comunidade. Dessa forma, nossas equipes dos Centros de Saúde continuam a dar atenção necessária para o cuidado de rotina e monitoramento de doenças crônicas, por exemplo”, explica a Secretária.

A orientação é que a população busque a unidade de saúde mais próxima ou ligue no Alô Saúde Floripa (0800 333 3233) e realize hidratação aos primeiros sintomas de dengue. Além disso, a prevenção do mosquito da dengue continua sendo a forma mais eficaz de combate à doença. É imprescindível que a comunidade realize a limpeza das residências, não deixe água parada, possibilite o trabalho dos agentes e denuncie possíveis focos de dengue no ZAP Denúncia, canal oficial da Prefeitura, por meio do WhatsApp 0800 808 0155.

 

Foto: Divulgação/PMF

Saúde

Saúde

Saúde

Saúde

Saúde

Saúde