21 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Saúde

Florianópolis inicia monitoramento da qualidade das águas em rios, para identificar poluidor

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, iniciou nesta quinta-feira (2) uma nova etapa de ações do Pacto pelo Saneamento, desta vez com um trabalho de análise da qualidade hídrica e a ampliação dos serviços de limpeza nos canais de drenagem do Norte da Ilha, na região que envolve os rios do Brás e Papaquara.

Com formato inédito na Capital, a aferição das condições da água vai ser feita por meio de uma série de medições, levando em conta 44 pontos de coleta no primeiro momento, distribuídos nos canais e rios da região. Os resultados vão consideraram 17 parâmetros, incluindo temperatura, turbidez, pH e coliformes fecais.

“Os dados que teremos a partir desse sistema vão permitir que toda ação empreendida seja feita de forma assertiva, conhecendo as condições e necessidades de cada local. Qualquer variação, de um componente ou outro, permitirá antever possíveis problemas e solucioná-los da melhor forma”, explica o secretário do meio ambiente e desenvolvimento sustentável em exercício, Lucas Arruda.

A limpeza dos canais, que já tinha sido ampliada nas últimas semanas, com a retirada de pelo menos 10 mil metros cúbicos de resíduos, ganhou mais agilidade. O início da utilização de três novas escavadeiras hidráulicas, contratadas para o serviço, vai facilitar o processo de retirada de sedimentos acumulados nos corpos d’água.

 

“Além do reforço com equipamento, começamos a realizar também a batimetria do leito dos canais, antes e depois da limpeza. Com esse procedimento medimos a profundidade e conseguimos conhecer a variação trazida pelo serviço de manutenção”, continua Arruda.

Nos próximos 100 dias, o objetivo é retirar 250 mil metros cúbicos de sedimentos depositados no interior dos canais, que dificultam a circulação da água. “Assumimos um compromisso com o Pacto pelo Saneamento e ele começa a ser cumprido. A etapa iniciada hoje é um passo importante para a garantia das boas condições dos sistemas de drenagem, bem como a identificação de situações problema, que vão entrar na mira do trabalho de recuperação ambiental”, destaca o prefeito, Topázio Neto.

Foto: PMF/Reprodução

Saúde

Saúde

Saúde

Saúde

Saúde

Saúde