13 de junho de 2024
TVBV ONLINE
Segurança

Florianópolis: ponte Pedro Ivo Campos passa por vistoria para avaliação de obra

Ponte receberá tubulação da Casan, que substituirá uma adutora da ponte Colombo Salles

A ponte Colombo Salles, em Florianópolis, principal via de saída da Ilha, passará por uma obra de recuperação estrutural nos próximos anos. Para que essa recuperação aconteça, a Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) vai transferir parte do fluxo de água que hoje passa por uma adutora localizada na passarela da ponte para uma nova tubulação, a ser instalada na ponte vizinha, Pedro Ivo Campos. A reforma tem previsão de finalização até junho de 2024, com investimento de R$ 15 milhões.

Para isso, equipes da Casan e do governo do Estado fizeram uma vistoria conjunta na região continental da ponte Pedro Ivo Campos na manhã desta quinta-feira (27). Estiveram no local o Diretor de Operação e Expansão da Casan, Pedro Joel Horstmann, junto a técnicos da Secretaria do Estado de Infraestrutura e Mobilidade.

“Primeiro, vamos construir a nova adutora na Pedro Ivo, para depois a SIE fazer a retirada da passarela, sem prejudicar o abastecimento”, explicou Pedro Joel em entrevista. “A intenção da Casan é já adquirir o material nos próximos meses, porque é preciso fabricar especialmente para esse caso, e então licitar a obra para começar logo no início do próximo ano. A Companhia acredita que em junho de 2024 a obra esteja concluída”, completou.

O projeto prevê que a nova adutora seja instalada pelo vão central da ponte Pedro Ivo Campos. Ela terá o mesmo diâmetro da atual adutora na passarela da Colombo Salles (600 mm), uma extensão de aproximadamente 1 km e capacidade de entregar 1.908 litros de água tratada por segundo.

Como funciona hoje

Atualmente, passam três adutoras pelas pontes, sendo duas pela Colombo Salles (incluindo a que será substituída) e uma pela Pedro Ivo Campos. As três tubulações se interligam na Ilha e abastecem o Centro e toda a Bacia do Itacorubi, que vai até o bairro Carianos no Sul da Ilha e o bairro de Santo Antônio de Lisboa no Norte.

Foto: Allan Carvalho