21 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Clima / Tempo

Fotos: Eclipse solar total surpreende milhões de pessoas no Hemisfério Norte

Céu sobre partes do Canadá, Estados Unidos e México ficou totalmente escuro por pouco mais de quatro minutos

Milhões de espectadores pela América do Norte assistiram ao eclipse solar total nesta segunda-feira (8). Partes do Canadá, Estados Unidos e México ficaram totalmente escuras por mais de quatro minutos.

O eclipse ocorreu por volta de 15h no horário de Brasília, acompanhado por espectadores utilizando óculos especiais para o momento. Este eclipse é o mais longo desde 2017, que durou quase três minutos. Segundo a NASA, os eclipses totais podem durar entre 10 segundo até sete minutos e meio.

Outras partes da América do Norte tiveram eclipses parciais, onde parte do Sol é tampado pela Lua. Levou pouco mais de 1 hora até que a Lua ficasse na frente do Sol, e o mesmo tempo para que ela complete a trajetória.

 

Quem perder este eclipse solar total terá que esperar até o ano 2045 para o próximo previsto sobre a América do Norte. Os brasileiros não puderam assistir ao eclipse de 8 de abril, mas o fenômeno foi transmitido online pelos canais oficiais da NASA.

Confira registros do eclipse

O que acontece durante um eclipse solar?

Quando a Lua passa diretamente entre a Terra e o Sol, ela bloqueia parte da luz solar que chega à Terra e projeta uma sombra sobre sua superfície. Esse evento é chamado de eclipse solar.

Não é diferente de uma palma causando uma sombra no rosto quando se tenta bloquear a luz do Sol com a mão. Sendo que os eclipses acontecem em uma escala cósmica muito maior.

Durante um eclipse, observadores podem notar estranhas sombras em forma de meia-lua no chão, uma queda repentina na temperatura e um comportamento atípico entre pássaros e animais.

Como assistir a um eclipse solar?

Não é seguro olhar diretamente para o Sol sem proteção ocular especializada para visualização solar, seja no caso de um eclipse ou não. A radiação direta do astro pode danificar a retina.

Olhar para o Sol por meio das lentes de uma câmera, binóculos ou telescópio sem um filtro solar especial também pode causar instantaneamente lesões oculares graves.

Recomenda-se que os observadores usem óculos de eclipse ou óculos com filtros solares para assistir ao evento. Óculos que têm o código ISO 12312-2, da Organização Internacional de Normalização, na parte interna são os mais seguros para uso.

O eclipse solar é perigoso?

Um eclipse solar é simplesmente a Lua bloqueando a visão do Sol – a Lua apenas causa uma sombra e não introduz nenhuma nova radiação prejudicial.

O brilho estranho em forma de anel que se vê vindo do Sol durante um eclipse solar é apenas a luz normal do astro.

Portanto, diferentemente do que dizem algumas lendas urbanas, o eclipse solar não é perigoso. Comidas não estragam durante o fenômeno, e mulheres grávidas também não sofrem qualquer dano.

É fácil observar um eclipse solar?

Embora os eclipses solares totais ocorram praticamente a cada um ano e meio ou dois anos, muitos deles passam por áreas remotas, o que dificulta sua observação. O eclipse de 2024 passará por várias cidades importantes dos Estados Unidos, incluindo Dallas, Little Rock, Indianápolis, Cleveland, Buffalo e Burlington.

A duração da observação do eclipse, no entanto, depende do local de onde ele será visto. De acordo com a Nasa, é provável que o eclipse de 8 de abril seja visível por cerca de quatro minutos a quatro minutos e meio nos diferentes locais em sua trajetória.

Se o tempo estiver bom o suficiente, a coroa solar — a camada externa da atmosfera do astro — poderá ser vista da Terra durante o eclipse. No entanto, pode haver mau tempo — há uma grande chance de nuvens em 8 de abril, o que pode obscurecer a visão do fenômeno.

Espera-se que algumas partes de Nova York, Vermont, Maine e Quebec tenham mais sorte com uma visão mais clara do que as regiões do sul ao longo do caminho do eclipse.

 

Fonte: Band.com.br

Fotos: Reprodução/Reuters

Clima / Tempo

Clima / Tempo

Clima / Tempo

Clima / Tempo, Serviços

Clima / Tempo

Clima / Tempo