17 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Paulo Chagas

Governador acompanha de perto o drama ocasionado pelas chuvas

Jorginho Mello esteve em Jaraguá do Sul e São Pedro de Alcântara para avaliar estragos provocados pela chuva / Foto: Roberto Zacarias/Secom

Ninguém pode criticar o governador Jorginho Mello (PL)  por descaso às famílias catarinenses atingidas pelas chuvas. Em todas as situações ele tem acompanhado de perto, e agindo ao lado das equipes do governo, para dar assistência. Foi assim no ano passado, e tem sido agora, em janeiro. No final de semana, Jaraguá do Sul foi uma das cidades atingidas por temporais. A cidade registrou deslizamentos de terra, queda de muros, problemas no asfalto, além de inundação de ruas e casas. Jorginho lá esteve na segunda-feira (29) acompanhado do secretário de Estado da Proteção e Defesa Civil, coronel Fabiano de Souza e do deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB), e colocou as forças do governo à disposição do prefeito Jair Franzner (MDB), para o que for necessário. O Governador também esteve em São Pedro de Alcântara para levar o apoio do Governo do Estado e solidariedade à família do adolescente de 17 anos que morreu no domingo, 28, em decorrência do temporal que atingiu o município. O rapaz foi arrastado pela correnteza do rio Imaruí. Depois de ir ao velório do jovem, o governador, ao lado do prefeito, percorreu as ruas e pontos mais afetados pelas fortes chuvas e reforçou que o Estado será parceiro no trabalho de recuperação da cidade. Enfim, o governo presente em ocasiões assim, se fortalece, como solidário.

Protagonismo também da vice-governadora

Vice-governadora discute parcerias educacionais e economia sustentável com embaixadora da União Europeia / Foto: Richard Casas / GVG

A vice-governadora de Santa Catarina, Marilisa Boehm (PL), tem também sido protagonista no Governo. Procura estar sempre presente nos atos do governo, e acompanha de perto inúmeras ações. Em paralelo participa de eventos com peso decisório. Nesta terça-feira (30), ela se reuniu com a embaixadora da União Europeia no Brasil, Marian Schuegraf, ocasião em que discutiu vários assuntos, entre eles, cooperação internacional, intercâmbios educacionais, economia sustentável e empreendedorismo feminino. O encontro contou ainda com a participação dos secretários Juliano Froehner (Articulação Internacional), Marcelo Fett (Ciência, Tecnologia e Inovação) e o presidente da Fapesc, Fábio Wagner Pinto. Como se percebe, Marilisa tem sido atuante, participativa, e com atribuições condizentes com a função que ocupa.

Críticas pesadas a Bolsonaro em áudio vazado de Zé Trovão

Deputado Zé Trovão / Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

O deputado federal catarinense Zé Trovão (PL), agora tenta explicar o que foi dito por ele mesmo em áudio vazado pelo Portal Metrópoles. O fato foi um dos mais comentados no meio político nesta terça-feira (30). Na gravação, o parlamentar do Partido Liberal criticou abertamente o ex-presidente Jair Bolsonaro, chamando, inclusive, de “mau exemplo para a política”, entre outras citações polêmicas. Por mais que seja um conteúdo que teria sido gravado ainda no ano passado, as falas dele deixaram claro o que realmente pensa do líder e ex-presidente liberal. Zé Trovão ainda menciona, no mesmo diálogo gravado, que não gosta do deputado estadual Maurício Peixer, que é também presidente do diretório do PL em Joinville. No entanto, o peso maior das palavras foram mesmo dirigidas a Bolsonaro. Em algum momento afirmou que ele é o maior mau exemplo pra política, e que entregou a Presidência da República pro Lula, porque quis desse jeito. O fato caiu com um verdadeiro trovão nos bastidores do Partido Liberal. Agora, o deputado tenta se explicar, sem convencer. Ao comentar sobre o áudio, Bolsonaro disse que jamais esperaria uma postura como essa do aliado.