29 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Política

Governador anuncia data para assinar o contrato da dragagem do Rio Itajaí-Açu

Foto: Ricardo Trida/Secom

Obra é crucial para minimizar os impactos das enchentes no Vale do Itajaí

O governador de Santa Catarina, Jorginho Mello, anunciou para o dia 11 de maio um evento para marcar a assinatura do contrato que dará início à obra da tão aguardada dragagem do Rio Itajaí-Açu, no Alto Vale de Santa Catarina. O ato será realizado em Rio do Sul, local simbólico escolhido pelos impactos que já sofreu em decorrência das enchentes.

A dragagem do Itajaí-Açu é crucial para minimizar os impactos das enchentes em todo o Vale do Itajaí, que é uma das regiões mais atingidas por cheias no estado e de forma recorrente. A obra visa aumentar a capacidade de escoamento do rio, reduzindo assim o risco de transbordamentos e inundações. Essa iniciativa não apenas protege as comunidades ribeirinhas, mas também fortalece a infraestrutura local contra eventos climáticos extremos.

 

Principalmente nas cidades do Alto Vale, a dragagem vai fazer com que a água consiga escoar mais rápido em direção ao mar durante as chuvas e vai evitar que a água suba tão rápido, como aconteceu nas enchentes de 2023, prevenindo novas cheias.

“Essa é uma obra discutida e aguardada há décadas pelas famílias do Vale do Itajaí. Será um trabalho importante de dragagem do rio e que vai trazer mais tranquilidade, principalmente, para as famílias dos municípios castigados sempre que temos altos volumes de chuva. Chega de perdermos vidas e patrimônio. Isso é a proteção dos catarinenses levada a sério”, destaca o governador.

Outra conquista do Governo no processo de contratação do serviço foi a diminuição do custo. De uma proposta inicial avaliada em R$ 36 milhões, o Estado conseguiu ajustar o contrato para R$ 16 milhões – valor, inclusive, abaixo do que se tinha como referência para a realização da obra.

“Finalizamos o processo de contratação emergencial para o início dessa grande obra de dragagem do Rio Itajaí-Açu e seus afluentes. Estamos falando de uma obra que há décadas é aguardada pela população de Rio do Sul e demais municípios do Vale do Itajaí. Teremos obras de dragagem, desassoreamento e melhoramento fluvial. Essa é a primeira grande obra emergencial como uma resposta às enchentes que tivemos no ano passado em Santa Catarina”, reforça o secretário de Estado de Proteção e Defesa Civil, Fabiano de Souza.

Política

Política

Política

Política

Política

Política