19 de junho de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Grupo empresarial catarinense é investigado por sonegação de R$ 56 milhões em impostos

Imagens: Divulgação/PF

Soma das penas dos crimes investigados pode chegar a 26 anos de prisão

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (6) uma operação para combater a sonegação fiscal e lavagem de dinheiro praticadas por um grupo empresarial de Santa Catarina. Segundo a investigação, o grupo teria causado prejuízo de mais de R$ 56 milhões ao erário.

A Operação “Dissimulação” cumpre nesta manhã mandados de busca e apreensão em nove endereços de pessoas físicas e jurídicas envolvidas no esquema criminoso, nos municípios de Criciúma, Içara, Siderópolis, Camboriú e Balneário Camboriú.

 

Os investigados responderão pela prática dos crimes de organização criminosa, fraude à execução, lavagem de dinheiro e a evasão de divisas, cujas penas somadas podem chegar a 26 anos de prisão.

Além das buscas, a Justiça Federal decretou o bloqueio de bens, direitos e valores dos investigados e das empresas integrantes do grupo para assegurar os lucros obtidos com a prática criminosa e a reparação dos danos, e ainda para cobrir os débitos tributários devidos.

A investigação iniciou no final de 2022, a partir de informações repassadas pela Procuradoria da Fazenda Nacional, que identificou a prática de manobras ilegais para evitar o pagamento dos impostos e burlar pagamentos de dívidas tributárias das empresas com a transferência de bens e faturamentos para nomes de laranjas; sucessões simuladas entre empresas; confusão patrimonial; ocultação do sócio ou administrador principal; e compra e venda simulada de imóveis.

> Siga nosso canal no WhatsApp e receba as notícias do TVBVonline em primeira mão