26 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Grupo suspeito de assaltos a bancos é preso no litoral catarinense

Quadrilha é suspeita de ter planejado e realizado quatro roubos entre 2021 e 2022

Uma força-tarefa no litoral catarinense prendeu sete pessoas e aprendeu armas, dinheiro e documentos falsos nesta quinta-feira (1º). Com mais de 80 policiais de diferentes unidades do Estado, a ação denominada Operação X investiga uma associação criminosa envolvida em roubos a bancos na área do município de Itajaí.

Ao todo, foram seis mandados de prisão preventiva e doze mandados de busca e apreensão nos municípios de Itajaí, Balneário Camboriú, Camboriú, Tjucas e São José. Além do cumprimento dos seis mandados de prisão, um sétimo suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo.

Entre as apreensões estão um rifle, um revólver calibre .380 e duas pistolas, além de cinco armas de fogo falsas, máscara usada para cometimento de roubos, R$ 5 mil em dinheiro, aparelhos eletrônicos, veículos, notas e documentos falsos.

 

A quadrilha é suspeita de ter planejado e realizado quatro roubos, incluindo um em julho de 2021 na Praia Brava, outro em outubro de 2021 no bairro São Vicente, um terceiro em fevereiro de 2022 no bairro Itaipava e o planejamento de um roubo em Brusque em junho de 2022.

Durante os roubos, os suspeitos adotavam um padrão de ação semelhante, atacando as agências bancárias no início do expediente, quebrando vidros com marretas e levando dinheiro, armas e coletes balísticos dos seguranças. Nos três roubos consumados, estima-se que tenham sido levados cerca de meio milhão de reais.

Na primeira fase da operação, em julho de 2022, três pessoas foram presas e armas de fogo, coletes balísticos e equipamentos táticos foram apreendidos. Os suspeitos foram indiciados por roubo qualificado e associação criminosa e foram encaminhados ao Sistema Penitenciário.

A operação contou com a participação de mais de 80 policiais de diferentes unidades, incluindo DICs, NOC, SIC, DPCAMI e DPCos, além dos Batalhões da Polícia Militar.

Foto: PCSC / Divulgação

Policial

Policial

Policial

Policial

Policial

Policial