25 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Homem é preso acusado de transformar casa da avó em ponto de drogas

Suspeito foi preso em flagrante em Palhoça, na Grande Florianópolis

Um homem foi preso em Palhoça, na Grande Florianópolis, após transformar a casa da própria avó em um ponto de venda de drogas. O suspeito foi preso em flagrante no início deste ano por policiais que passavam por área conhecida em razão do intenso tráfico de drogas.

De acordo com os autos, um dos agentes abordou uma mulher encostada no muro da casa da avó do denunciado, que logo se identificou como usuária de drogas. Segundo a polícia, ao perceber a abordagem policial, o acusado correu para dentro da casa e atirou uma sacola no terreno.

Dentro dela, as autoridades encontraram cocaína e maconha. O denunciado foi preso em flagrante na posse de um celular, 2,5 g de maconha e 2,4 g de cocaína embalados individualmente em cinco porções. De acordo com o relato, as drogas seriam vendidas para a mulher abordada momentos antes na calçada.

A 2ª Vara Criminal da comarca de Palhoça homologou a prisão em flagrante e a converteu em preventiva pela suposta prática do crime de tráfico de drogas. Em um habeas corpus, a defesa sustentou que o homem é réu primário, que houve violação de domicílio e que apenas um dos dois policiais afirma ter visto o descarte da sacola. Além disso, defendeu a possibilidade de aplicação de medidas cautelares no lugar da prisão e requereu a concessão liminar da ordem para revogação da prisão preventiva.

O pleito foi negado. Segundo a relatora do HC, a verificação pela autoridade policial de suposto tráfico dispensa a necessidade de um mandado de busca e apreensão prévio para entrar no imóvel. “Com relação à necessidade da prisão preventiva, o denunciado teve, recentemente, condenação mantida pelo Tribunal de Justiça catarinense também pela prática do crime de tráfico de drogas e, ainda, de porte ilegal de arma de fogo com numeração suprimida”, concluiu.

 

Foto: Divulgação/Freepik