23 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Homem é preso por maus-tratos qualificados contra fêmea de pitbull e filhotes

Tutor foi notificado quatro vezes pela DIBEA, mas não agiu para oferecer melhores condições aos animais

Um homem foi preso em flagrante na última sexta-feira (15) pelo crime de maus-tratos qualificado contra cães da raça pitbull em Florianópolis, durante uma operação conjunta da Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Proteção a Animais Domésticos do Departamento de Investigação Criminal da Capital (DPA/DIC), com a Diretoria de Bem-Estar Animal – DIBEA da Capital.

A prisão ocorreu após denúncias de que uma fêmea da raça pitbull e quatro filhotes eram mantidos em péssimas condições de abrigo, salubridade e saúde. O animal também ficava preso a uma corrente curta e não era castrado, conforme a Lei Estadual, que determina a castração de cães desta raça a partir dos seis meses de idade..

A Diretoria de Bem-Estar Animal – DIBEA da Capital iniciou acompanhamento do caso e chegou a realizar quatro notificações ao tutor da cachorra, inclusive com Termo de Ajustamento de Conduta – TAC. Mesmo assim, as determinações do órgão não foram obedecidas.

 

Dessa forma, as equipes da DPA e da DIBEA retornaram ao local, constatando que o tutor manteve-se inerte com relação ao bem-estar dos animais, o que resultou na prisão em flagrante. A fêmea apresentava alto nível de desnutrição e o homem não a levava para atendimento médico-veterinário, ainda que disponibilizado de forma gratuita pela DIBEA.

Os cães foram resgatados pela Diretoria de Bem-Estar Animal, onde receberão atendimento até a finalização dos trâmites para adoção responsável. Formalizado o procedimento criminal na Central de Plantão Policial da Capital, o preso permaneceu à disposição do Poder Judiciário.

 

Foto: Polícia Civil