13 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Homem preso por duplo estupro em Itajaí é procurado após fugir de delegacia

Polícia Civil divulgou informações e pede que população colabore com denúncias

A Polícia Civil de Santa Catarina divulgou nesta quinta-feira (21) a identidade de um homem que está foragido, acusado de estuprar duas mulheres em uma trilha na Praia Brava em Itajaí, no Litoral Norte de Santa Catarina, na quinta-feira passada (14).

Segundo as informações divulgadas, Amarildo da Silva, de 41 anos, fugiu logo após ser preso na rodoviária de Tijucas, na Grande Florianópolis, na noite dessa quarta-feira (20) enquanto tentava embarcar para o estado de São Paulo. Ele havia sido levado até a delegacia em Itajaí, mas conseguiu escapar pela parte de cima do prédio.

A Polícia Civil complementa ainda que o homem tem 1,90 m de altura, e solicita a colaboração da população denunciando a qualquer informação sobre o paradeiro do foragido. As buscas foram retomadas de forma ininterrupta com amplo apoio de todas as demais forças de segurança atuantes no município.

 

Crime no Canto do Morcego

O duplo estupro de duas jovens de 20 e 22 anos ocorreu na última quinta-feira no Canto do Morcego, famoso ponto turístico da Praia Brava em Itajaí. Segundo informações da Polícia Civil, as vítimas andavam pela trilha quando foram abordadas e seguidas por Amarildo, que estaria armado.

O homem mandou que elas deitassem no chão, as amarrou, cometeu os abusos e ainda roubou os celulares das vítimas. A investigação da DPCAMI conseguiu identificar o criminoso, que foi procurado em casa pelos policiais, mas não foi encontrado.

Após mais de 14 horas de buscas nessa quarta, o foragido foi capturado em um hotel em Tijucas, quando se dirigia até o terminal rodoviário. O homem tentou fugir da abordagem e resistiu violentamente à prisão. Os agentes verificaram ainda que o investigado informou o nome falso para registro na recepção ao se hospedar.

 

Foto: Polícia Civil/Divulgação