13 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Saúde

Hospital Infantil de Florianópolis inaugura 18 novos leitos de enfermaria

Cerimônia de reinauguração da Unidade A contou com a Secretária de Saúde, Carmem Zanotto

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) reinaugurou a Unidade A do Hospital Infantil Joana de Gusmão (HIJG) em Florianópolis. O espaço incluirá 18 novos leitos de enfermaria distribuídos em nove quartos. Com a expansão, a capacidade total da unidade aumentou para 197 leitos, em comparação com os 179 anteriores. A cerimônia ocorreu na manhã desta quinta-feira (29) no auditório do centro de estudos do hospital.

A iniciativa garante que mais crianças tenham acesso aos cuidados médicos necessários. Para viabilizar as reformas, o hospital recebeu o apoio da Associação de Voluntários de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente (AVOS). No total, foram investidos R$89 mil reais, sendo R$57 mil provenientes de recursos do Governo e R$32 mil pagos pela AVOS.

Nos últimos meses, a Unidade A passou por melhorias em sua infraestrutura, incluindo nova pintura, instalação de equipamentos de ar-condicionado, renovação de poltronas, camas e berços. Anteriormente, o espaço abrigava a ala de psiquiatria, que foi realocada para outro setor e inaugurada ano passado.

 

Para a secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto, esse tipo de melhoria traz mais conforto aos pacientes e tranquilidade aos pais que estão ao lado dos seus filhos na busca por atendimento médico.

“Estamos melhorando a estrutura das nossas unidades hospitalares em todo o estado. Aqui no infantil tinha a necessidade desses novos leitos para ajudar a desafogar a superlotação na emergência. É uma estrutura toda nova para melhor receber e tratar o nosso paciente e seus familiares. Essa ampliação vai garantir o atendimento para casos respiratórios que necessitam de internação. Estou muito feliz em participar desse momento tão importante para a saúde das nossas crianças”, reforçou a secretária Carmen Zanotto.

A médica Tatiana Titericz, diretora da instituição, destaca a importância do aumento do número de leitos de internação para o HIJG. “A iniciativa contribui para a melhoria do acesso aos serviços de saúde, reduzindo possíveis filas de espera”, afirma. Para Titericz, eles também ajudarão a aliviar a sobrecarga dos profissionais de saúde, permitindo que tenham mais recursos para cuidar de cada paciente de forma mais atenciosa e eficaz. “Isso poderá impactar positivamente na recuperação das crianças, uma vez que terão um acompanhamento mais próximo e dedicado”, conclui.

No ano de 2023, o HIJG prestou um total de 185.680 atendimentos, abrangendo serviços de emergência, internação e ambulatório.

Procedimento para evitar a cegueira em bebês será realizado no Hospital Infantil

A partir de agora o atendimento a bebês prematuros que apresentam retinopatia e que precisam fazer o procedimento de reversão será feito na própria unidade hospitalar, sem a necessidade de deslocamento do paciente.

A retinopatia da prematuridade é uma das principais causas de cegueira na infância. Os dados indicam que atualmente há cerca de 50 mil crianças cegas em razão da doença em todo o mundo.

O exame de rotina de prematuros possibilita a identificação de formas graves da doença e tratamento por fotocoagulação ou crioterapia pode reduzir significativamente as sequelas da doença. E a partir de agora este novo serviço será oferecido também no hospital infantil.

 

Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom