23 de junho de 2024
TVBV ONLINE
Política

Investigado por corrupção na Operação Mensageiro, prefeito de Itapoá renuncia a cargo

Político está preso desde dezembro de 2022

O prefeito do município de Itapoá, Marlon Roberto Neuber (PL), protocolou junto à Câmara Municipal, no último sábado (1º), sua renúncia escrita ao mandato. A saída do cargo foi oficializada pelo Decreto Legislativo nº 252 de 2023, expedido pela Câmara nesta segunda (3), e, dessa forma, quem assume o Poder Executivo no município é o vice-prefeito, Jeferson Rubens Garcia (MDB).

Investigado na Operação Mensageiro por recebimento de propina, Neuber está preso desde dezembro do ano passado. No dia 27 de abril de 2023 ele se tornou réu na investigação, que apura um esquema de corrupção em licitações de coleta de lixo em diversas cidades catarinenses —  “o maior esquema de corrupção da história do estado”, segundo o Ministério Público de Santa Catarina. Em depoimento do dia 30 de maio, Neuber confirmou o recebimento de R$ 460 mil em propina da empresa Serrana Engenharia.

Após a prisão preventiva de Marlon Neuber, a Câmara de Vereadores abriu uma CPI (Comissão Especial de Inquérito) para apurar os fatos. Com o Relatório final da CPI, corria no parlamento municipal um processo de impeachment contra o prefeito, aberto no dia 5 de maio por unanimidade dos vereadores.

 

Foto: Internet / Reprodução