25 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Esportes

Jogos da final do Catarinense terão distribuição de água gratuita

Partidas estavam sujeitas a interdição do Procon por desrespeito a norma nacional

O Brusque Futebol Clube e o Criciúma Esporte Clube distribuirão água gratuita à torcida nos jogos da final do Campeonato Catarinense. A medida ocorre em cumprimento a uma notificação dada aos clubes por conta da Portaria 35 da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), que permite o acesso gratuito com garrafas de uso pessoal contendo água potável em eventos promovidos em dias de extremo calor.

A decisão foi confirmada após um acordo firmado nessa quarta-feira (27) em uma reunião do Procon Estadual com o representante da Federação Catarinense de Futebol, Rodrigo Capela, o representante da Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina, Sandro Barreto, e da Polícia Militar do Estado.

Em um primeiro momento, a reunião foi interditada, via telefone, pelo responsável jurídico da Senacon, Frederico Moesch, a pedido do diretor do Procon Estadual, Roberto Salum. Isso porque as partes não estavam dispostar a ceder e acatar a medida. Moesch justificou a decisão explicando como estádios maiores, como o Maracanã, por exemplo, estão atuando.

 

Após a conversa, atendendo a proposta apresentada pela Federação, em comum acordo com a Polícia Militar, para o jogo do próximo sábado (30) no Estádio Dr. Hercílio Luz, em Itajaí, ainda não será permitida a entrada com garrafas de uso pessoal contendo água potável. Em contrapartida, o clube irá distribuir gratuitamente para os torcedores copos de água lacrados.

Segundo Roberto Salum, a mesma medida vale para o segundo jogo da final.

Ainda durante o encontro, ficou decidido que a questão voltará a ser debatida, pois ainda foi proposta a criação de ilhas de água potável à disposição dos torcedores nos estádios, como determina a Portaria da Senacon.

De acordo com Rodrigo Capela, a intenção é que o acordo sirva como medida emergencial para não prejudicar o torcedor e nem colocar em risco as partidas, que estavam sujeitas a interdição por parte do Procon SC.

“Nosso dever é defender o direito do consumidor e isto o faremos da melhor forma que nos cabe. Após as duas partidas, voltaremos a discutir o assunto para encontrar uma solução definida para a questão, copiado o Estádio do Maracanã que, hoje, como foi mencionado pelo jurídico da Senacon, Frederico Moesch, já liberou a entrada com as garrafas”, explica Salum.

 

Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

Esportes

Esportes

Esportes

Esportes

Esportes

Esportes