29 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Juiz preso por tráfico de medicamentos é afastado de cargo em Santa Catarina

Magistrado será monitorado por tornozeleira eletrônica

Preso em flagrante em Joinville, na última terça-feira (23), o juiz Tiago Fachin a Primeira Vara Cível de Rio do Sul foi afastado de suas funções pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). O magistrado é suspeito de envolvimento em um esquema de tráfico de medicamentos tarja preta.

O afastamento foi comunicado nesta quarta-feira (24) por meio de uma nota, informando que o juiz está proibido de entrar em contato com outros investigados na operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Além disso, ele será monitorado por tornozeleira eletrônica.

Juntamente com a prisão de Tiago Fachin, a operação também apreendeu diversas caixas de remédio. Na residência do juiz, em Balneário Piçarras, foram encontradas 400 caixas de Ritalina, medicamento utilizado para aumentar a concentração, velocidade mental e foco.

 

A ação resultou no cumprimento de oito mandados de prisão, sete em Santa Catarina e um no Rio Grande do Sul. A defesa do juiz informou que não irá se manifestar sobre o caso.

Foto: TJSC / Reprodução

Policial

Policial

Policial

Policial

Policial

Policial