13 de junho de 2024
TVBV ONLINE
Paulo Chagas

Lages: CPI da Semasa convoca três ex-prefeitos, e entre eles, Raimundo Colombo

O primeiro a depor na CPI da Semasa que investiga possíveis irregularidades em contratos terceirizados, foi Antonio Arcanjo Duarte (Toni). Ele já foi vereador e vice-prefeito na gestão de Elizeu Mattos. Mais tarde assumiu o cargo de prefeito com o afastamento do então gestor, também por desdobramentos envolvendo a Semasa. A curiosidade é que a vereadora Suzana Duarte, participante da CPI, pediu dispensa do interrogatório, justificada naturalmente pela proximidade com a testemunha. Ela é esposa do depoente. Assim, o relator Jair Junior questionou se na época em que esteve como gestor, Toni sabia de algum indício de superfaturamento ou algo anormal. Ele se limitou a dizer que, quando assumiu a prefeitura na época havia muitos outros problemas para resolver, além dos da Semasa, e que se sentiu estar no “olho” de um furacão após a prisão do prefeito. Pouco acrescentou. Nesta terça-feira (13), será a vez do depoimento do ex-prefeito Elizeu Mattos, e na quarta-feira (14), do ex-prefeito Raimundo Colombo. O relatório final será apresentado no dia 28 de junho. (Foto: Bruno Heiderscheidt)

É crítica situação dos hospitais públicos do Estado, diz Carmen

O problema foi apresentado durante reunião com o COFEM na sede do Sebrae-SC, em Florianópolis (Foto: Elmar Meurer)

A Secretaria de Estado da Saúde tem avançado na redução das filas das cirurgias eletivas, e tem tratado a questão como prioridade. Porém, isso não elimina a situação crítica de diversos hospitais públicos no Estado. O problema foi aberto pela secretária de Estada da Saúde, Carmen Zanotto, durante reunião com representantes do setor produtivo, nesta segunda-feira (12), na sede do Sebrae, em Florianópolis, e que fazem parte do Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (COFEM). Carmem citou especialmente a criticidade da estrutura física das unidades.

Cobertura vacinal longe da ideal

Foi outro problema relatado. A baixa cobertura vacinal, segundo a Secretária Carmen precisa ser ampliado, para evitar o retorno de doenças comuns, como sarampo. Em Santa Catarina, no caso da influenza, a cobertura está em apenas 45,02%, o que está muito longe do ideal. Preocupados, os empresários se colocaram à disposição para auxiliar o poder público. Porém, o esforço precisa ser ampliado, e carece de suporte. Quem sabe, algo mais possa ser trabalhado a partir da Assembleia Legislativa, com abertura de um debate, e quem sabe uma solução a mais possa ser apontada para a melhoria das estruturas hospitalares.

PSD garimpa novas filiações

Eron Giordani que figurou como secretário da Casa Civil no governo de Carlos Moisés (Republicanos), e depois, como vice na dobradinha com Gean Loureiro (UB), na candidatura ao governo em 2022, deverá, em breve, assumir a Secretaria da Casa Civil e Relações Institucionais da prefeitura de Chapecó. A Pasta foi criada em recente reforma administrativa, com aprovação da Câmara de Vereadores, e já sancionada. Na manhã desta segunda-feira (12), em entrevista a uma rádio local, o prefeito João Rodrigues destacou o papel de Giordani na presidência do Partido Social Democrático, (PSD), em Santa Catarina, e do trabalho que ele vem fazendo ao percorrer os municípios pelo Estado.

Prefeito de Criciúma reforça a sigla

Clésio Salvaro e Eron Giordani, e João Rodrigues ao fundo / Foto: Assessoria do PSD/SC

Rodrigues destacou a filiação do prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, que esteve desde 2002, ligado ao PSDB. Contando Salvaro, são 12 os prefeitos que migraram para a sigla, além de mais três deputados que estão a um passo da filiação, porém, João Rodrigues não deu maiores detalhes. O prefeito de Chapecó adiantou que o Partido está criando um grande projeto para as prefeituras no pleito de 2024, e para o Brasil, em 2026, dando a entender que o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas deverá migrar para o partido, e ser no nome para um projeto maior. A ideia estaria sendo construída pelo presidente nacional, Gilberto Cassab, que atualmente é o Secretário da Casa Civil, do governo paulista.

Novas audiências do Comseg Escolar

Foto: Rodolfo Espínola/Agência AL

O Comitê de Operações Integradas de Segurança Escolar (Comseg Escolar) realiza nesta semana as duas últimas audiências públicas macrorregionais para discutir ações voltadas à prevenção da violência nas escolas catarinenses. Os encontros serão em Criciúma, na quinta-feira (15), e em Florianópolis, na sexta-feira (16). O objetivo é ouvir a sociedade para a elaboração de uma proposta unificada voltada à segurança escolar em Santa Catarina. Instituído pela Assembleia Legislativa, o Comseg é composto por representantes de mais de 30 entidades públicas e privadas, em resposta ao ataque a uma creche em Blumenau, ocorrido em abril deste ano.

 

CPMI do 8 de Janeiro

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do 8 de Janeiro vai analisar nesta semana, a partir desta terça-feira, 13, cerca de 285 requerimentos. A aproximadamente 840 requerimentos já foram apresentados ao colegiado. Um deles é referente às informações da agenda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em Araraquara, no interior de São Paulo, onde estava no dia 8 de janeiro.