16 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Mais 3 pessoas são presas em nova fase da Operação Profusão em Joinville

Ação apura inserção de dados falsos no sistema do Detran para liberação de CNHs suspensas, além de outros crimes

Mais três pessoas foram presas em Joinville nesta terça-feira (6) na Operação Profusão da Polícia Civil de Santa Catarina, que tem como objetivo apurar uma série de delitos praticados por agentes públicos ligados ao Detran em conluio com particulares.

A segunda fase da operação, deflagrada nesta manhã por meio da 3ª DECOR – Delegacia de Polícia Especializada no Combate à Corrupção, cumpriu mandados de prisão contra um advogado, uma funcionária pública vinculada ao Detran e uma particular que atuavam em prol do grupo criminoso. Policiais cumprem também 11 mandados de busca e apreensão em Joinville e São Francisco do Sul, cidades do Litoral Norte Catarinense.

Os mandados foram expedidos com base em evidências coletadas ao longo da investigação, que identificou novos integrantes do grupo criminoso suspeito de utilizar o sistema do Detran para liberar CNHs suspensas a partir de dados falsos, além da prática dos crimes de falsidade ideológica, corrupção passiva, violação de sigilo funcional e corrupção ativa.

 

Participaram da Operação Policiais Civis da Diretoria da DEIC, da CECOR – Coordenadoria Estadual de Combate à Corrupção, da DECOR/DEIC, da 1ª DECOR, da 2ª DECOR, da 4ª DECOR e da 2ª DRP-Joinville. A operação contou ainda com o acompanhamento da Comissão de Prerrogativas da OAB – Subseção de Joinville/SC.

 

Foto: PCSC/Divulgação