25 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Saúde

Três caminhões de entulho são retirados de casa de acumuladora em Itajaí

Fotos: Marcos Porto/PMI

Medida foi tomada pela Prefeitura após risco de proliferação do mosquito da dengue

Mais de três caminhões de entulho foram retirados de uma casa no bairro São Vicente em Itajaí, no Litoral Norte de Santa Catarina nessa quarta-feira (7). O imóvel foi alvo de um ingresso forçado da Prefeitura por conta do risco de proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

Somente na parte da manhã, foram retirados três caminhões de resíduos. Devido a alta quantidade de materiais, as equipes precisaram retornar para continuar a limpeza também na parte da tarde.

 

Segundo a Prefeitura, a moradora do local sofre com transtorno de acumulação compulsiva, e foi atendida pela assistência social da Secretaria Municipal de Saúde e encaminhada para atendimento no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II).

Outro ingresso forçado foi realizado no mesmo dia em outro imóvel, no no bairro São Judas. Lá, as equipes da Prefeitura de Itajaí retiraram mais dois caminhões de materiais, alguns destes com água parada e a presença de larvas.

No local, há uma pequena casa de madeira onde reside um homem. No entanto, as equipes encontraram objetos descartados por outros moradores da região, como entulhos e restos de móveis.

Medida extrema

Segundo o Município, o ingresso forçado em imóveis é uma medida extrema e acontece apenas em casos de acúmulo de materiais que aumentam as chances de proliferação do mosquito da dengue.

“É muito importante que a população descarte corretamente seus resíduos. O acúmulo de materiais aumenta gravemente as chances de proliferação do mosquito transmissor da dengue e pode por em risco toda comunidade no entorno. Precisamos conscientizar a todos da necessidade de combater o Aedes Aegypti. O esforço tem que ser coletivo, cada morador deve fazer a sua parte no enfrentamento à dengue”, destaca Lúcio Vieira, coordenador do Programa de Controle da Dengue em Itajaí.

Com as ações dessa quarta-feira, já são quatro atividades de ingresso forçado organizadas pela Sala de Situação de Combate à Dengue em 2024. Na última semana, o Município de Itajaí atuou na limpeza de dois imóveis nos bairros Cordeiros e São Vicente.

Situação da dengue na cidade

Atualmente, Itajaí registra 4.691 casos confirmados de dengue e 20 óbitos em decorrência da doença. Os bairros com maior transmissão da doença são: Cordeiros/Murta (1.767), Cidade Nova (542), São Vicente (470) e Barra do Rio/Imaruí (370). Denúncias de possíveis focos do mosquito transmissor podem ser feitas pelo aplicativo Conecta.í.

Saúde

Saúde

Saúde

Saúde

Saúde

Saúde