TVBV Notícias Cotidiano MasterChef+ terá cozinheira de 86 anos, entrega diretora: “Exemplo de vida”
Cotidiano

MasterChef+ terá cozinheira de 86 anos, entrega diretora: “Exemplo de vida”

Programa com cozinheiros acima de 60 anos promete entregar diversão, boas histórias e receitas nostálgicas na 2ª temporada; estreia será na terça-feira (21)

Depois de uma temporada inesquecível, que consagrou Astro e Pietro como campeões, o MasterChef+ está de volta na tela da Band. A segunda edição, com cozinheiros acima de 60 anos, promete ser ainda mais especial. Em entrevista ao Band.com.br, Marisa Mestiço, diretora da atração, revela novidades do programa que estreia na terça-feira (21).

Após edições com amadores e profissionais ao longo de 2023, chegou a vez dos cozinheiros mais experientes comandarem a cozinha do talent show. “A segunda temporada sempre tem mais responsabilidade, principalmente quando a primeira foi tão incrível. A gente vem com a expectativa de agradar e conquistar o público. Os participantes são pessoas peculiares e muito diferentes uns dos outros”, pontua a diretora.

Marisa diz que é suspeita, mas entrega estar encantada pelo grupo de candidatos que vai disputar os aventais no episódio inicial. Apenas 12 deles vão entrar de fato no jogo. “Sou apaixonada por pessoas e fico cada vez mais encantada quando a gente faz as seletivas. Posso garantir que a gente vai se identificar muito com as nossas famílias. É uma turma que faz você refletir sobre como quer pensar a sua vida daqui pra frente.”

 

Pessoas apaixonantes, histórias divertidas e receitas gostosas não vão faltar na competição, composta por seis episódios e que fica no ar até 26 de dezembro. “Teremos uma relação de pessoas que mostram a potência do amadurecer. Vocês vão se apaixonar e pensar: “Quero chegar nessa idade assim”. Temos uma candidata de 86 anos que é um exemplo de vitalidade, de vida, de vontade e de superação”, conta. Já queremos conhecer!

Em 2023, a primeira temporada do MasterChef+ concorreu aos Prêmios PRODU, que reconhece diversos segmentos da indústria audiovisual na América Latina, Espanha e mercado hispânico nos EUA. O programa foi finalista na categoria Melhor Conteúdo de Competência Culinária Adaptado.

Marisa diz que vibrou com a oportunidade de atingir um público ainda maior. “É muito especial quando a gente consegue transpor a barreira da nossa audiência, da nossa emissora, do nosso grupo, do nosso negócio e da nossa profissão”, analisa.

“Fiquei muito lisonjeada, muito feliz. O Master já foi indicado a várias coisas, já ganhamos outros prêmios em outros anos. Mas o MasterChef+ é meu filho mais novo, desejo a ele vida longa, não só em temporadas, mas como modelo de programa.”

O desejo da diretora é que o formato inspire outras pessoas a falarem do tema sem tabus, “de um jeito leve, genuíno e interessante”. “Envelhecer não é deixar de sonhar, o sonho não tem limite. Receber esse destaque está muito relacionado a como a gente lida com o projeto, e aqui tem muito afeto”, finaliza, em suas próprias palavras, como mãe orgulhosa.

Fonte: Band
Foto: Melissa Haidar/Band/Reprodução
Sair da versão mobile