23 de junho de 2024
TVBV ONLINE
Cotidiano

Primeira mulher presidente da Câmara de Criciúma, Tati Teixeira morre aos 43 anos

Velório acontece no Teatro Municipal Elias Angeloni

Psicopedagoga e vereadora por dois mandatos na Câmara Municipal de Criciúma, Thatianne Ferro Teixeira, conhecida como Tati Teixeira, morreu na madrugada desta terça-feira (21), aos 43 anos de idade, vítima de problemas de saúde. Seu corpo é velado neste momento, no Teatro Municipal Elias Angeloni e segue, às 16h, para sepultamento no Cemitério Municipal de Criciúma. Ela deixa o marido Daniel e os filhos Vittor e Clara.

Em seu segundo mandato como vereadora, Tati se tornou a primeira mulher a presidir o Parlamento do município, em 2014, quando, na condição de chefe do Poder Legislativo, também assumiu interinamente a Prefeitura de Criciúma, sagrando-se a segunda mulher a ocupar o cargo.

No início de 2021, tomou posse, provisoriamente, em uma cadeira na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, atuando como deputada estadual suplente por 30 dias, na vaga do deputado Mauricio Eskudlark. Desde maio de 2022, Tati atuava como psicopedagoga no Setor de Apoio Multifuncional de Aprendizagem (Sama) da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc).

 

Em sua homenagem, a Prefeitura de Criciúma decretou luto de três dias na cidade, determinando que “os órgãos da Administração Municipal devem manter, em sinal de respeito, as bandeiras do município a meio mastro durante o período de luto oficial”. A Unesc também emitiu nota de pesar, declarando “profundo respeito e admiração à trajetória política de Tati”, que já foi filiada ao PSDB, PSD, PPS e MDB.

Foto: Reprodução