25 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Ocorrência

Municípios decretam situação de emergência em Santa Catarina

No Sul do estado 415 pessoas ficaram desalojadas e 111 desabrigadas. Imagem: Governo do Estado.

Chuva deixou pessoas ficaram desalojadas e provocaram diversas ocorrências no Sul do estado.

Dois municípios catarinenses decretaram situação de emergência devido as chuvas do último final de semana. No total, 12 cidades registraram ocorrências no Sul do estado. Passo de Torres e Sombrio já emitiram o decreto. Além disso, Araranguá, Maracajá, Praia Grande e São João do Sul estão levantando informações e estudam a possibilidade de decretação.

O último relatório da Defesa Civil Estadual, emitido na manhã desta terça-feira (14), aponta que 415 pessoas estão desalojadas, apenas em São João do Sul são 205 e em Araranguá 200 pessoas. Outras 111 estão desabrigadas na região.

Municípios contabilizam prejuízos

Em São João do Sul, dez comunidades ficaram isoladas, ruas foram interditadas e as aulas suspensas até esta terça (14). Até o momento 52 residências foram atingidas. No município de Jacinto Machado nove comunidades também ficaram isoladas com os alagamentos. Uma casa foi parcialmente arrastada pela água.

Na cidade de Meleiro estradas ficaram bloqueadas pelos alagamentos e 662 pessoas ficaram isoladas nas comunidades da Barra do Cedro, Jacaré, Tranqueiras, Rio Cedro Baixo e Forquilha Rocha. Em Criciúma ocorreram alagamentos pontuais afetaram a mobilidade. Forquilhinha também registrou alagamentos e algumas ruas foram inundadas. Seis pessoas precisaram ser encaminhadas para abrigo. Algumas famílias receberam ajuda dos Bombeiros para sair das residências.

Defesa Civil municipal de Sombrio atuando nos alagamentos. Imagem? Regional da DCSC.

Em Passo de Torres pessoas precisaram ser resgatadas pelos bombeiros e 10 residências permanecem isoladas no Bairro Arraial devido à cheia do Rio Mampituba. As aulas continuam suspensas nesta terça-feira (14).

Praia Grande teve alagamentos nas ruas e registro de deslizamento. Dez comunidades chegaram a ficar isoladas e ruas foram interditadas. No município as estão suspensas nesta terça (14) e até o momento foram atingidas 52 residências. Em Sombrio 19 pessoas ficaram desabrigadas, a cidade está sem o abastecimento de água e as unidades de saúde estão sendo recebendo água através de um caminhão.

Já em Araranguá o rio chegou a 2,50 metros e transbordou a comporta. A situação provocou alagamento do Bairro Barranca. Outras duas comunidades também estão alagadas e algumas famílias foram levadas para abrigo público.

Ocorrência

Ocorrência

Ocorrência

Ocorrência

Ocorrência

Ocorrência