TVBV ONLINE Notícias Cotidiano No Dia do Patrimônio Histórico, Senado aprova medidas para preservação no País
Cotidiano

No Dia do Patrimônio Histórico, Senado aprova medidas para preservação no País

Em 17 de agosto, nesta quarta-feira, é celebrado o Dia do Patrimônio Histórico. Para garantir a preservação, o  Senado aprovou o PL 128/2016, que aumenta a pena para quem pichar ou degradar monumentos tombados para 1 a 3 anos de prisão, além de multa.

Os senadores também aprovaram o PL 2000/2021 para garantir proteção especial do poder público ao Cais do Valongo, na zona portuária do Rio de Janeiro, na condição de patrimônio histórico-cultural afro-brasileiro.

As duas propostas agora tramitam na Câmara dos Deputados.

História

Desde 1998, o Brasil comemora o Dia do Patrimônio Histórico. A data marcou o centenário de Rodrigo Melo de Andrade, responsável pela criação do Iphan, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Os patrimônios podem ser materiais, como objetos e construções, ou imateriais, como rituais e costumes.

Localizado na zona portuária do Rio de Janeiro, o cais funcionou durante 20 anos como a a principal porta de entrada de pessoas escravizadas da África. A estimativa é que passaram por lá cerca de um milhão de escravizados.  Em 2011, foi redescoberto durante obras de revitalização da área, onde foram encontrados cerca de um milhão e trezentas mil peças históricas.

Segundo a Unesco, o Brasil é o 13º país no ranking com maior número de patrimônios da humanidade. São 22 bens tombados, em 17 estados.

Foto: Fundação Cultural Palmares/Reprodução

Sair da versão mobile