21 de junho de 2024
TVBV ONLINE
Paulo Chagas

Novo presidente da SCGás tem o desafio de expandir o serviço em SC

Para presidir a SCG’s, a escolha recaiu a Otmar Müller para presidir a SCGás. Segundo Jorginho Mello, um engenheiro com especialidade nessa área. O ato de posse acorreu nesta segunda-feira, 5, durante ato de assinatura da Resolução da ARESC que autoriza a instalação do Ponto de Entrega (PE) na cidade de Siderópolis, num investimento de R$38 milhões. A estatal será a empresa responsável pelas obras. Com a instalação do novo Ponto, a proposta é dobrar a oferta de gás natural na região. O governador explicou que a escolha ao nome de Otmar é por ser alguém que atua no ramo e que saberá o que fazer para atingir a capacidade de ampliação do gás natural em Santa Catarina. O novo presidente assume com a missão também de expandir o gás, especialmente nas regiões do Planalto e do Oeste. (Foto: Ricardo Trida / Secom)

No BRDE a presidência é de João Paulo Kleinübing

Foto: Ricardo Gomes Dias / Assessoria BRDE

A posse ocorreu nesta segunda-feira (5). A presidência do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), é uma função importante, pois, o banco tem atuação nos três estados do Sul – Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul – e no Mato Grosso do Sul. Conforme disse, é uma instituição estratégica e que mexe com o desenvolvimento de toda a Região Sul, e que na condução dos trabalhos, pretende manter a agenda econômica, social e ambiental, visando o fortalecimento de setores que impactam diretamente na vida das pessoas. Kleinubig falou ainda que manterá o comprometimento do banco na promoção do desenvolvimento sustentável, de acordo com as necessidades dos municípios. O BRDE é um dos maiores bancos de fomentos do país. Um grande desafio para o catarinense. Formação e experiência ele tem. Kleinübing assume a função transmitida pelo paranaense Wilson Bley Lipski, que ficou no cargo por 19 meses. No campo político, há a expectativa de que ele possa deixar o cargo no ano que vem para a disputa eleitoral para prefeito de Blumenau.

Policiais da reserva iniciam trabalho nas escolas

Fotos: Divulgação / PMSC

Tenho dado destaque às contínuas reuniões do Comseg visando ouvir a comunidade e encontrar as melhores alternativas para prover a segurança nas escolas. Outra providência começa também a ganhar corpo e praticidade. A partir de decreto do Governo do Estado, os primeiros policiais treinados começaram nesta segunda-feira, 5, o trabalho nas escolas estaduais. O reforço faz parte do Programa Escola Mais Segura, e conta com policiais da reserva remunerada. A inclusão dos profissionais está sendo feita de forma gradativa, obedecendo o processo de contratação, até que todas as escolas passem a contar com uma pessoa, ampliando a segurança no meio escolar. A providência do Governo se deve à recente tragédia ocorrida em Blumenau que vitimou quatro crianças. Minha preocupação e meu questionamento é o sobre o que vem sendo feito no âmbito municipal, na proteção do ambiente escolar, se há constatação de relaxamento ou não.

Deputado publica edital para a distribuição de emendas impositivas

Deputado Mário Motta / Foto: Rodolfo Espínola/Agência AL

Comentei na coluna anterior que traria outra iniciativa tomada pelo deputado estadual Mário Motta (PSD). Uma atitude inédita e diferente. Além de atuar na fiscalização efetiva de todos os contratos do governo, a exemplo de obras que estão sendo executadas pela Secretaria de Estado da Educação, o deputado irá distribuir as emendas parlamentares através de edital. Ele explica que a imposição das emendas, surge porque alguém do Legislativo impõe ao Executivo a utilização do dinheiro público para direcionar a obras ou qualquer fim, a quem lhe interessa. Ele ressalta que não é uma crítica e nem que as emendas não sejam bem utilizadas, e com a melhor das intenções. Porém, entendendo que esta não é uma função do deputado, decidiu abrir um edital contemplado o estado inteiro, para que prefeituras, Câmaras Municipais ou qualquer instituição possam acessar o edital que está publicado no site www.deputadomariomotta.com.br/emendas. Assim, até o dia 20 de agosto os projetos poderão ser enviados. Segundo conta, SC foi dividida em seis regiões, e os projetos, mais tarde serão classificados por importância, em áreas específicas, e o dia 2 de outubro, se saberá que serão os contemplados com as emendas do gabinete deputado, e posteriormente passarão a receber os recursos em 2024. Ele julga ser uma atitude justa, democrática e transparente.

Programa Universidade Gratuita sob a mira do TCE

O Governo do Estado terá 15 dias para se manifestar sobre o programa Universidade Gratuita, já em poder da Assembleia Legislativa. No Tribunal de Contas de Santa Catarina (TSE), os conselheiros votaram a favor do relatório do conselheiro-substituto Gerson dos Santos Sicca, pedindo para seja feita uma diligência para melhor avaliação do programa. Conforme previsto, o Governo não terá assim, tanta facilidade para aprovação do texto original. Há deputados que defendem a ampla distribuição dos recursos.