21 de junho de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Operação desarticula golpe milionário de falsos advogados em Santa Catarina, Ceará e RJ

Prejuízo total das vítimas ultrapassa R$ 3 milhões

Uma investigação a golpistas que se passavam por advogados e vitimaram pessoas de Santa Catarina, e de outros estados brasileiros, resultou no cumprimento de dez mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão preventiva no Ceará, na manhã desta quarta-feira (12). Outros dois mandados de prisão preventiva foram cumpridos no Rio de Janeiro, na manhã da última terça-feira (11). Segundo a Polícia Civil, o prejuízo total das vítimas ultrapassa a marca de R$ 3 milhões.

A operação Alvará Fake revela que os suspeitos, ao entrarem em contato com as vítimas residentes no estado de Santa Catarina, passavam-se por advogados de renomados escritórios de advocacia e magistrados catarinenses. Eles informavam que as vítimas possuíam valores a receber por meio de precatórios, exigindo antecipação de valores a título de taxas e emolumentos. Os documentos utilizados no golpe apresentavam o símbolo do Poder Judiciário Catarinense e informações de processos reais.

Durante as investigações, constatou-se que há registro de vítimas também em outros estados. A ação desta quarta (12) foi realizada nas cidades de Pacatuba, Maracanaú e Cascavel, no Ceará. Durante a operação, foram apreendidos diversos aparelhos eletrônicos, que serão submetidos a análise para a continuidade das investigações e identificação de outros envolvidos.

 

A operação reúne forças de segurança das Polícias Civis de Santa Catarina, do Ceará e do Rio de Janeiro, da Segurança Institucional do Tribunal de Justiça de Santa Catarina e da da Diretoria de Operações Integradas e de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Fotos: PCSC / Divulgação