14 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Cotidiano

Operação destrói 800 carros em pátios no combate à dengue em Joinville

Operação Limpa Pátios do Detran/SC já descartou mais de 5 mil veículos em 20 cidades

Joinville, no Nordeste de Santa Catarina, está com a Operação Limpa Pátios do Departamento Estadual de Trânsito do Estado de Santa Catarina – Detran/SC, em ritmo acelerado na luta de combate à dengue com o reforço de mais uma máquina e força-tarefa. Serão destruídos cerca de 800 veículos nesta primeira etapa, que atende um dos maiores pátios do estado.

O município e a região também concentram os maiores números de casos e focos do mosquito da dengue em Santa Catarina, com 11.119 notificações e 3.478 focos do Aedes aegypti, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde.

Até o momento, já foram destruídos e destinados à reciclagem 5.484 veículos (carros, motos, caminhões, etc.), em pátios de 20 municípios catarinenses. A Operação é realizada em parceria com a Associação de Pátios de Veículos Apreendidos e Reboques do Estado de Santa Catarina, nos 310 pátios espalhados pelo Estado (da PRF, de Prefeituras – públicos e licitados, e de delegacias de polícia). Nos pátios estão veículos com demandas judiciais, apreendidos pela polícia e que aguardam para ir a leilão ou para serem amassados (ferrosos).

 

Para o presidente do Detran/SC, Kennedy Nunes, essa é uma campanha essencialmente de saúde pública, mas que também envolve meio ambiente e economia. “Com a Operação Limpa Pátios, estamos combatendo a dengue, ajudando o meio ambiente, além de contribuir com a economia. Os veículos estão lá parados há 10, 15, 20 anos ou mais, deteriorando, se tornando criadouros de mosquitos da dengue, prejudicando o meio ambiente e se transformando em sucata. E, com o convênio que vamos firmar com o Tribunal de Justiça, o veículo não vai ficar tanto tempo nos pátios, vai a leilão e o dinheiro ficará depositado e rendendo enquanto a questão judicial não se resolve”, pontua o presidente Kennedy.

O presidente da Associação de Pátios, Rubens Biazoto, explica que são três etapas para concluir a Operação em um pátio. “Primeiro a nossa equipe faz o levantamento dos veículos do pátio visitado e já prepara um plano de ação. Depois, os ferrosos (aqueles que não têm mais condições de voltar a rodar), são separados e preparados. Só então, vem a máquina para fazer o amassamento. E, uma última etapa, depois de já deixar inutilizado é o carregamento para as áreas de destinação de reciclagem”, explica Rubens.

Novas cidades

A próxima cidade a receber a Operação Limpa Pátios do Detran/SC é a de Trombudo Central e região, onde há pelo menos três municípios infestados pelo mosquito transmissor da dengue. O presidente Kennedy Nunes acompanha o o início dos trabalhos na segunda-feira (4). Já na quarta-feira (6) é a vez de Caçador e Videira. Na semana seguinte, a Operação Limpa Pátios chega a Criciúma e região. Simultaneamente, os pátios de Chapecó e Pinhalzinho também estarão com as máquinas operando.

 

Fotos: Ricardo Wolffenbüttel/Secom