13 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Operação investiga lavagem de dinheiro e confisca R$ 50 milhões em bens

Polícia Civil investiga organização criminosa que utilizava laranjas e empresas fantasmas

Uma investigação da Polícia Civil de Santa Catarina revelou um sofisticado esquema de lavagem de dinheiro que resultou no confisco de bens avaliados em um total de R$ 50 milhões. A operação “Cifra Oculta” foi deflagrada nesta terça-feira (5), por intermédio da Delegacia de Investigação à Lavagem de Dinheiro (DLAV), unidade especializada da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), com o apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Ao todo, foram cumpridos 28 mandados de busca e apreensão em cinco estados. Em Santa Catarina, os alvos estavam nas cidades de Itajaí, Balneário Camboriú, Navegantes, Itapema, São Francisco do Sul e Piçarras. As ordens judiciais também foram executadas em Ananindeua (PA), Curitiba (PR), Viadutos (RS) e Sete Barras (SP).

Segundo as Polícia Civil, o dinheiro lavado era decorrente de diversos outros crimes, especialmente tráfico de drogas e de organização criminosa. As investigações apontam o uso de laranjas para a movimentação de criptomoedas entre contas bancárias, assim como o uso de empresas fantasmas e pessoas jurídicas para a mescla de valores, dissimulação de lucros e dividendos e aquisição de bens de luxo.

 

Fotos: Polícia Civil