26 de maio de 2024
TVBV ONLINE
Paulo Chagas

Oposição deverá requerer novamente impeachment contra prefeito Ceron

O assunto tem sido rotineiro nas rodas de conversas, especialmente nas redes sociais. O movimento em Lages, é para requerer novo pedido de impeachment ao prefeito, agora, no momento em que ele passou a ser réu no processo, o que deverá ocorrer. Na Câmara de Vereadores, articulações da oposição têm sido negadas. Até mesmo um processo de impeachment contra o prefeito já foi rejeitado. Também não passou a retirada do salário de Ceron, por estar afastado do cargo. No entanto, está em andamento uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar contratos terceirizados com a Secretaria de Águas de Saneamento (Semasa). Por hora, sem grandes avanços. No fundo, o objetivo é chegar às mesmas descobertas da Justiça, no tocante à Operação Mensageiro. Ceron foi detido ainda em fevereiro, na segunda fase da Operação, e se encontra em prisão domiciliar. Além do prefeito, tornaram-se réus os ex-secretários Antonio Arrunda, da Administração e Fazenda, Eroni Delfes, do Meio Ambiente e Serviços Públicos, e Jurandi Agostini, da Semasa. (Foto: reprodução vídeo)

Operação Mensageiro: lista de prefeitos réus aumenta

Os desdobramentos da Operação Mensageiro estão avançando e chegando a fases processais decisivas. Nesta quinta, 11, mais dois prefeitos foram transformados em réus: Antônio Rodrigues, de Balneário Barra do Sul (PP), no Litoral Norte, e Antônio Ceron (PSD), de Lages, na Serra.  Operação Mensageiro, que investiga crimes em torno da coleta e destinação de lixo em diversas regiões de Santa Catarina. Os réus são políticos que tiveram as denúncias aceitas pela Justiça. Obviamente as defesas dos prefeitos estão trabalhando, na tentativa de provar a inocência deles. Importante lembrar que o sigilo sobre a investigação, nessa fase, foi retirado. Operação Mensageiro apura suspeita de fraude em licitação, corrupção ativa e passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro no setor de coleta e destinação de lixo em diversas regiões de Santa Catarina.

No banco dos réus

Antonio Ceron, de Lages e Antônio Rodrigues, de Balneário Barra do Sul, se juntaram a Deyvisonn da Silva de Souza, de Pescaria Brava, no Sul catarinense; Luiz Henrique Saliba, de Papanduva, no Norte catarinense; Vicente Corrêa Costa, de Capivari de Baixo, no Sul catarinense; Marlon Neuber (PL), de Itapoá, no Norte catarinense; e Joares Ponticelli (PP), de Tubarão, no Sul catarinense.

Atenção ao turista de motorhome

Deputado Dr. Vicente e Evandro Neiva / Foto: Assessoria de Imprensa

Eis algo que está sendo pensado: atrair turistas de motorhome para Santa Cataria. Conheço quem investiu nesse modelo de “casa ambulante”, e para em determinados lugares, sem se preocupar com hospedagem ou coisa parecida. Sobre o assunto, vejo o deputado Dr. Vicente Caripreso (PSDB) trocando ideia com o secretário de Estado do Turismo, Evandro Neiva. No ponto de vista do deputado não basta atrair tais turistas de motorhome, mas dar a eles condições estruturais, inclusive, com a possibilidade de criar um aplicativo para que possam ser orientados sobre áreas onde parar. Eis um assunto interessante. Se for analisar com atenção, há poucas cidades com capacidade e estrutura para abrigar tais veículos. A conversa entre o deputado e o secretário evoluiu para a necessidade de apoio para realização do Encontro Nacional de Motorhomes, em setembro, no município de Corupá.

Concurso público para carreira de praças e oficiais da PMSC

Foto: Ricardo Trida / Secom

Tem sido ao longo dos mandatos dos governos uma pauta constante da PMSC, a necessidade da ampliação das forças, via concurso. Eles até têm acontecido, mas a demanda sempre aumenta devido às baixas por aposentadorias, por exemplo. Sendo assim, a reposição das funções torna-se obrigatória. A boa notícia é de que o governador Jorginho Mello, nesta quinta-feira (11), lançou os editais de novo Concurso Público para repor os efetivos na corporação, tanto de praças como oficiais. Compre seu papel. Serão, portanto, disponibilizadas 500 vagas para soldados, sendo 400 para homens e 100 para mulheres. No quadro de oficiais, serão 50as vagas, ou seja, 40 para o sexo masculino e 10 para o feminino. Posto isso, as inscrições iniciam já neste dia 19 de maio e encerram em 16 de junho de 2023, para a carreira de praças. Para oficiais, alguns dias antes, até 9 de junho.

Tratamento de radioterapia

O Deputado Estadual Neodi Saretta, presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, está preocupa sobre a possibilidade de falta de tratamento de radioterapia para pacientes com câncer no Estado. Ele tem informações que mais de 4 mil catarinenses não terão acesso ao tratamento de radioterapia pelo SUS em 2023. Pedido de informação já foi encaminhado ao Governo para maiores esclarecimentos.

Recursos da União para rodovias

A destinação, pela União, de R$ 224 mi para a BR-280 e R$ 220 mi para a BR-470 ganhou elogios na Alesc, na sessão de quarta-feira (10). Porém, os parlamentares alertaram para o alto custo logístico do caos rodoviário. São notícias boas, mas temos que acompanhar e fiscalizar, é matemática, temos de ter mais investimento na infraestrutura”, avaliou Antidio Lunelli. Por outro lado, na avaliação da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), os recursos permitirão bom ritmo para as obras neste ano. Contudo, alerta que o Estado deve ficar vigilante para garantir a efetiva chegada dos recursos e garantir uma boa gestão, para que não ocorram mais paralisações nos trabalhos.

Paulo Chagas

Paulo Chagas

Paulo Chagas

Paulo Chagas

Paulo Chagas

Paulo Chagas