17 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Policial

Pai procura por filho em Balneário Camboriú

Há oito meses a ex-companheira não deixa a criança ter contato com o pai

Angústia e incerteza, são esses os sentimentos que o pai Marcel Caballero Pires está passando. Por determinação da Justiça ele é o tutor legal do pequeno Vitor, que completa 9 anos de idade na próxima semana, mas desde setembro de 2023 ele não consegue ver o filho.

Em um acordo judicial, as visitas do pai ficaram acertadas, mas como a genitora descumpriu o que havia sido acertado na Justiça, a guarda unilateral provisória foi dada em janeiro de 2024. A mãe, de 46 anos, reside em Balneário Camboriú há cerca de dois anos e seis meses e não é localizada nos endereços apresentados. Nem mesmo a Secretaria da Educação da cidade possui cadastro da criança.

 

O pai procura o filho de todas maneiras e registrou o caso na Polícia Civil e no Conselho Tutelar de Balneário Camboriú. A justiça já determinou a busca e apreensão do menor e as tentativas de localização se mostram frustradas. Segundo Marcel, a mãe está “obrigando” Vitor a viver uma vida sem rotina e em fuga.

“Um ato desumano que não demostra amor ao próprio filho, apenas agindo como se ele fosse uma propriedade dela”, declarou emocionado o pai. Ele acredita que o bem-estar da criança deve prevalecer. Isso diz respeito a criança conviver tanto com pai, quando com a mãe.

Pai procura o filho em Balneário Camboriú. Imagem: Arquivo pessoal

A equipe do Portal TVBV conseguiu contato com a mãe de Vitor. Quando indagada a respeito do assunto, alegou que possui motivos para não permitir o contato do filho com o pai. Ela afirmou ter sofrido violência doméstica e que teria uma medida protetiva. Solicitamos documentos que comprovassem as afirmações e as ordens judiciais, mas não encaminhou o solicitado até o fechamento dessa reportagem.

Denúncias sobre o paradeiro do pequeno Vitor podem ser encaminhadas para o pai ou para o Conselho Tutelar de Balneário Camboriú.