25 de julho de 2024
TVBV ONLINE
Ocorrência

Piloto morre após sair aparentemente ileso de queda de ultraleve em Itapema

Empresário dispensou atendimento médico após acidente e sofreu parada cardiorrespiratória horas depois

Um empresário catarinense morreu poucas horas depois de ser resgatado sem ferimentos aparentes após precisar fazer um pouso forçado com um avião ultraleve na praia de Itapema, no Litoral Norte de Santa Catarina, na tarde desse domingo (4).

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), os agentes avistaram a queda da aeronave monomotor por volta das 10h em Meia Praia, cerca de 200 metros dentro do mar. O avião era ocupado por dois passageiros: o empresário Mikael Minatti e uma mulher, que não teve identidade divulgada.

As vítimas foram resgatadas pelos Bombeiros com motoaquática, sem apresentar lesões. Mikael afirmou que a aeronave parou de funcionar e precisou fazer um pouso forçado. A queda também não atingiu os banhistas da praia, que estava cheia no momento. O piloto dispensou o atendimento do CBMSC e retornou para casa ainda de manhã.

 

Após a retirada da aeronave, os Bombeiros entraram em contato com a Marinha e Aeronáutica para providências legais.

Piloto sofreu parada cardiorrespiratória

Poucas horas depois, por volta das 13h20, Mikael sofreu uma parada cardiorrespiratória em casa, enquanto estava na cama. A equipe de plantão dos Bombeiros atendeu ao chamado e iniciou os procedimentos de reanimação cardiopulmonar.

O empresário foi então conduzido às pressas ao Hospital Santo Antônio, em Blumenau, mas acabou falecendo por complicações do acidente, que teria causado uma hemorragia.

Foto: Arquivo pessoal/Reprodução

 

Foto: CBMSC