3 de março de 2024
TV Barriga Verde
Segurança

PM utiliza Batalhão de Aviação em missões de socorro em meio às chuvas

Aeronaves foram usadas para transporte de pessoas para tratamentos de saúde e de mantimentos

Em resposta às intensas chuvas que assolaram Santa Catarina nos últimos dias, o Batalhão de Aviação da Polícia Militar do estado (BAPM) desempenha um papel crucial em operações conjuntas com o Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Paraná e outras entidades públicas.

Desde o início das operações na sexta-feira (17), a unidade realizou inúmeras missões de resgate, enfrentando enxurradas, ventanias e a rápida elevação do nível das águas.

Na cidade de Trombudo Central, 29 pessoas foram resgatadas de situações extremas, encontrando-se ilhadas nos telhados de suas residências, ameaçadas pelo iminente risco de inundação.

 

Além disso, o BAPM coordenou o transporte de vítimas e pacientes de Pouso Redondo para Rio do Sul, incluindo o urgente deslocamento de um paciente necessitando de transplante de fígado para Blumenau. Em outra missão delicada, um bebê de 5 meses, oriundo de Agronômica e demandando cuidados hospitalares especiais, foi transferido para Rio do Sul.

O Batalhão de Aviação da PMSC, além das operações de resgate e transporte de pacientes, está entregando mantimentos em comunidades isoladas pelas cheias. Graças ao apoio aéreo da Polícia Militar, diversas missões de socorro à comunidade foram concluídas no sábado (18) e domingo (19).

Dentre os feitos notáveis no último sábado, destaca-se o transporte de uma gestante em uma área isolada, prestes a ser atingida pela correnteza em Rio do Sul, o deslocamento de um paciente com câncer avançado que necessitava de atendimento especializado urgente, o transporte de quatro pacientes para tratamento de hemodiálise de Taió para Rio do Sul, e o transporte de quatro pacientes de Trombudo Central e Rio do Oeste para tratamento de hemodiálise em Rio do Sul.

No domingo, as operações continuaram com o transporte de pacientes para hemodiálise de Salete e Taió para Rio do Sul, o deslocamento de uma mãe e filho para Rio do Campo visando tratamento especializado para autismo, o transporte de alimentos, água e medicamentos para comunidades isoladas em Rio do Sul. Também foi transportado um paciente para tratamento oncológico de Rio do Oeste para Rio do Sul, além do atendimento emergencial a um homem que sofreu traumatismo crânioencefálico grave após ser atingido pelo coice de um cavalo enquanto tentava retirar o animal de uma área inundada em Ituporanga.

Durante todo esse período, o BAPM continua realizando o transporte de policiais militares do 13º Batalhão de Polícia Militar e de outras unidades policiais para reforço no policiamento local nas cidades isoladas pela enchente, incluindo Rio do Oeste, Laurentino, Aurora, Trombudo Central, Braço do Trombudo e Agrolândia.

 

Fotos: Divulgação/PMSC

Segurança

Segurança

Ocorrência, Segurança

Segurança

Segurança

Segurança